Em negocios / grandes-empresas

Starbucks fechará 8 mil lojas para treinamento contra discriminação racial

Unidades da rede ficarão fechada por uma tarde inteira no próximo mês

SÃO PAULO - Oito mil lojas do Starbucks ficarão fechadas por uma tarde inteira para treinamento dos funcionários contra discriminação racial. A atitude foi anunciada pela rede nesta terça-feira (17) e será colocada em prática no próximo mês - mais precisamente, no dia 29 de maio. 

O treinamento ocorrerá depois de um episódio polêmico na Filadélfia. Dois homens negros foram presos em uma loja de rede após funcionários os impedirem de usar o banheiro. Eles passaram oito horas na prisão antes da liberação.

O incidente foi registrado em vídeo e incentivou protestos em frente ao local nos dias seguintes. Confira:

Além de pedir desculpas e dizer que a atitude do funcionário não condiz com a política da empresa, o CEO Kevin Johnson deu uma entrevista anunciando o treinamento, que visa evitar que esse tipo de comportamento se repita. 

Contato