Em negocios / grandes-empresas

Airbnb é seguro? Pesquisa descobre mais de 1000 "histórias de terror" em hospedagens

Perigos da plataforma são criados pela falta de checagem dos usuários  

casa Airbnb
(Shutterstock)

SÃO PAULO – Após sofrer “diversas experiências perigosas” em um Airbnb em Paris, Asher Fergusson decidiu pesquisar se a famosa plataforma de compartilhamento de hospedagem é realmente segura. Junto a um estatístico, elaborou uma pesquisa e descobriu nada menos que 1021 “histórias de terror” sofridas por usuários da plataforma no mundo inteiro.

Segundo ele, de roubos a assassinatos, a plataforma já passou por casos escabrosos vezes demais para que isso seja considerado incomum. Sua pesquisa diz que entre 3% e 7% dos usuários relatam problemas de estadia, o que significa “mais de 2 milhões de viagens arruinadas ao ano”.

Os problemas mais comuns são cancelamento de estadia, golpes, insegurança nas instalações, “outros”, reviews falsos e discriminação. A culpa do Airbnb nisso, ainda segundo Fergusson, está em dois fatores: um mau atendimento ao cliente e ausência de checagem de identidade para hospedeiros.

“Uma pessoa precisa de apenas 10 minutos para tornar-se hospedeiro. Não há checagem de antecedentes (a não ser que tenham o nome real e data de nascimento). Nenhuma checagem de imagem também. Além disso, endereços não são verificados, o que significa que a propriedade pode nem existir ou não pertencer ao anunciante”, diz o autor da pesquisa.

Falsas acusações?

Contatado pela mídia internacional, o Airbnb disse que as acusações não procedem e que o blog de Asher Fergusson é financiado pelo TripAdvisor. “Não é surpreendente que alguém que ganhe dinheiro com nossos competidores esteja assustando nossa comunidade e fazendo acusações falsas contra nós”, disse um representante ao Independent, acrescentando que a empresa toma as providências necessárias quando algo de errado ocorre.

A plataforma de house-sharing disse ainda que essas estatísticas não são significativas ou acuradas.

Em resposta, Fergusson disse que não tem nenhuma afiliação com o TripAdvisor ou interesse em promover uma ou outra companhia.

Quer investir melhor o seu dinheiro? Abra uma conta na XP.

Contato