Em negocios / grandes-empresas

Lactalis está impedida de administrar Itambé até fim de arbitragem

A Cooperativa Central dos Produtores de Minas Gerais vendeu de 100% da Itambé ao Lactalis por cerca de US$ 600 milhões

Leite
(NaturalBox)

SÃO PAULO - O Grupo Lactalis não pode, por enquanto, administrar a Itambé Alimentos, decidiu o Tribunal de Justiça de São Paulo na segunda-feira (15), conforme documentos acessados pela Reuters. O grupo francês deve se manter fora das decisões da empresa brasileira até que esteja concluída a arbitragem que está em curso entre o grupo mexicano Lala SAB de CV e a Lactalis na Câmara de Comércio Brasil-Canadá.

Em dezembro, a Cooperativa Central dos Produtores de Minas Gerais vendeu de 100% da Itambé ao Lactalis por cerca de US$ 600 milhões. Na ocasião, a Justiça reconheceu a validade do acordo de aquisição da empresa brasileira.  

A Vigor, que tinha 50% de participação na empresa até a cooperativa exercer seu poder de compra, questionou a transação e a venda para o grupo francês foi suspensa temporariamente por uma liminar em 18 de dezembro. 

A empresa brasileira afirma que a cooperativa rompeu acordo de acionistas, mas a Justiça de São Paulo validou a aquisição pela Lactalis. 

Quer investir melhor o seu dinheiro? Clique aqui e abra sua conta na XP

Contato