Em negocios / grandes-empresas

Nubank abre primeiro escritório fora do Brasil

Unidade em Berlim tem foco em engenharia e fica em coworking

Nubank
(Paula Zogbi)

SÃO PAULO - O Nubank anunciou nesta quarta-feira (13) a abertura de seu primeiro escritório fora do Brasil. Baseada em Berlim, Alemanha, a nova unidade terá foco em engenharia e funcionará inicialmente dentro do espaço de coworking St. Oberholz, no bairro de Mitte. 

Segundo a empresa, o time europeu terá como foco, a princípio, o trabalho em infraestrutura e engenharia de dados, sem trabalhar diretamente com os funcionários em São Paulo. Dos 750 funcionários do Nubank, 110 são engenheiros de software.

Para iniciar as operações, a fintech levou quatro engenheiros brasileiros ao novo endereço e já realizou contratações de novos funcionários locais.  "Berlim é uma capital altamente conectada com a comunidade de tecnologia de toda a Europa. Com a afinidade cultural e filosófica do nosso time de engenharia com o que vemos hoje em Berlim, essa foi uma aproximação bastante natural", afirma, em nota, Edward Wible, cofundador e CTO do Nubank. 

A empresa afirma que essa nova operação não mudará o ritmo brasileiro da empresa. "Nós temos um imenso orgulho do time que reunimos e vamos continuar contratando no Brasil, mas acreditamos que adicionar um novo mercado, especialmente um com tantas afinidades culturais como Berlim, é uma estratégia importante de diversificação e crescimento", diz Wible. No site da empresa, há duas vagas abertas para engenheiros no Brasil - uma na área de software e uma em mobile. 

Em crescimento acelerado, o Nubank não descarta a possibilidade de abrir escritórios em novas cidades no futuro.  “Estamos construindo um dos melhores times de engenharia do mundo aqui no Nubank. Por isso, temos que ir onde os melhores talentos estão", diz o CEO David Vélez. A empresa registrou prejuízo de R$ 122,3 milhões em 2016, mas a receita disparou 644% no mesmo período. 

Contato