Em negocios / grandes-empresas

Smiles lança novo cartão de crédito em parceria com três bancos

Cartão tem benefícios específicos para clientes do programa de fidelidade que viajam com frequência  

SAO PAULO - A Smiles anunciou nesta quarta-feira (6) o lançamento de um cartão de crédito próprio, com bandeira Visa e parceria com Bradesco, Banco do Brasil e Santander. É o primeiro co-brand desta ordem no mercado de crédito brasileiro.

O produto aposta na força do mercado de fidelidade, especificamente na área de turismo, oferecendo entre 1,5 até 2,5 milhas por dólar gasto, dependendo da categoria. Para quem acopla o cartão ao Clube Smiles, as milhas são somadas a outros benefícios e promoções.

Diferentemente dos cartões comuns, no produto com selo Smiles essas milhas depositadas diretamente à conta do programa de fidelidade, sem necessidade de transferência. Essas milhas são válidas por 10 anos.

Serão 4 versões do cartão: classic, Gold, Platinum e infinite. Todos eles podem ser solicitados por correntistas ou não correntistas dos bancos em questão e solicitados a partir dos bancos ou da própria Visa, que disponibiliza inclusive o bot de sua página no Facebook para isso. Cada versão oferece benefícios distintos, de milhas extras a maior período de parcelamento em viagens.

O cartão também oferece benefícios para clientes Gol, como primeira bagagem grátis em viagens pela aérea e embarque prioritário no aeroporto para as versões Gold, Platinum e Infinite.

As anuidades ficam em R$ 286, R$ 354, R$ 504 e R$ 1.092, respectivamente para as quatro versões do cartão. Cada uma delas oferece milhas de cortesia no momento de contratação e, segundo os executivos das empresas; "se pagam" com muito pouco uso. "Um cliente médio tem benefícios que significam ganhos de aproximadamente três vezes o valor da anuidade", diz Fernando Teles, da Visa. "Só um seguro viagem [cortesia dos cartões] custa cerca de 500 reais", comenta.

De acordo com Fernando Teles, representante da Visa no lançamento, espera-se crescimento de até 4 vezes para o mercado de fidelidade nos próximos anos, com base nos números vistos hoje nos Estados Unidos.

Cesário Nakamura, do Bradesco, afirmou que a intenção é fortalecer a relação com clientes interessados em viagens. No banco, 10% dos gastos totais são relacionados a turismo, valor que sobe para 20% entre os clientes de alta renda. "Aqui somos parceiros, mas lá fora somos muito concorrente e estamos sempre querendo conquistar os clientes de alta renda", disse o diretor.

Para a Smiles, o produto representa a vontade de tornar-se a primeira opção para quem quer transformar milhas em viagens. Leonel Andrade, representante da empresa, afirma oferecer a melhor opção especificamente para este fim. "Não trabalhamos com varejo e nem pretendemos trabalhar", diz.

Visa
(Tony Stock / Shutterstock.com )

Contato