Em negocios / grandes-empresas

As 15 séries mais caras para a Netflix

Atualmente, a empresa está avaliada em aproximadamente US$ 70 bilhões  

SÃO PAULO – Recentemente, fãs de Sense8, original da Netflix, ficaram revoltados com o anúncio do cancelamento da série. A empresa justificou essa decisão com impacto financeiro: a produção custa muito mais do que vale para as finanças da plataforma – cerca de US$ 9 milhões por episódio.

Avaliada em aproximadamente US$ 70 bilhões, a empresa de streaming investe boa parte do que arrecada com mensalidades em séries. O site Business Insider separou as 15 mais caras, entre produções originais e compra de direitos:

1.       The Crown: US$ 130 milhões

2.       The Get Down: US$ 120 milhões na primeira temporada (lançada em duas partes)

3.       Friends: US$ 118 milhões pelos episódios

4.       Sense8: US$ 108 milhões

5.       Marco Polo: US$ 90 milhões a temporada

6.       Dave Chapelle: US$ 60 milhões por dois especiais de stand-up comedy

7.       House of Cards: US$ 60 milhões por temporada

8.       Orange is The New Black: US$ 50 milhões por temporada

9.       Hemlock Grove: US$ 45 milhões na primeira temporada

10.   Lost: US$ 45 milhões por ano

11.   The Blacklist: US$ 44 milhões por ano

12.   Chris Rock: US$ 40 milhões por dois especiais de stand-up comedy

13.   Séries da Netflix em parceria com a Marvel: US$ 40 milhões a temporada

14.   Scrubs: US$ 26 milhões por ano

15.   The Walking Dead: US$ 1,35 milhão por episódio

Frank Underwood
(Pete Souza/Instagram)

Contato