Em negocios / grandes-empresas

Polícia encontra 3 toneladas de alimentos vencidos em Walmart de SP

Gerente da loja foi presa na terça-feira e pagou fiança  

SÃO PAULO – A Polícia Civil prendeu a gerente de uma unidade do Walmart na Santa Cecília, rua James Holland, na tarde da última terça-feira (18). O motivo foi a descoberta de alimentos vencidos, sem informação de procedência e de data de validade.

De acordo com o Agora, foram 3 toneladas de alimentos irregulares, principalmente pães, bolos e frios. Eles estavam tanto no estoque como nas prateleiras para venda a clientes.  

Após dar voz de prisão à gerente, a Polícia apreendeu os produtos. Ela foi liberada após pagamento de valor equivalente a 30 salários mínimos como fiança.

O caso foi registrado na divisão de crimes contra a saúde pública do DPPC (Departamento de Polícia de Proteção à Cidadania) como crime contra as relações de consumo. É a esse departamento que o consumidor deve recorrer quando passar por situação semelhante.

Contatado, o Walmart disse possuir "procedimentos internos rigorosos para assegurar a excelência dos serviços e produtos oferecidos aos seus clientes". De acordo com a assessoria de imprensa, o episódio relatado é "inaceitável" e "alheio à rotina operacional da empresa". 

A companhia continua garantindo ter tomado "medidas cabíveis, como, por exemplo, intensificar inspeções e controles já existentes em todas as unidades".   

carrinhos de compras do Walmart - supermercados
(John Gress/Reuters)

Contato