Em negocios / como-vender-mais

Conar toma decisão sobre comerciais do Habib's que faziam piada com McDonald's

Dois comerciais serão sustados; um dos vídeos já havia sido modificados previamente

Propaganda do Habib's
(Reprodução/YouTube)

SÃO PAULO – O Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar) decidiu nesta quinta-feira que duas propagandas do Habib’s brincando com a imagem de um palhaço denigrem a imagem do McDonald’s. Até então, apenas um dos vídeos tinha sido suspenso temporariamente; agora, ambos serão sustados.

Acionado pelo McDonald’s, o comitê de ética do órgão acolheu a acusação da rede de fast food norte-americana e decidiu que as propagandas “Leilão” e “Novos Beirutes Habib’s” não estão de acordo com o Código Brasileiro de Autorregulamentação Publicitária. Ainda cabe recurso da decisão, tomada em primeira instância por maioria dos votos - e não unanimidade.

No dia 25 de outubro, a propaganda “Novos Beirutes Habib’s”, que veiculava uma paródia da música tema do lanche Big Mac, foi suspensa pelo órgão.

Como resposta, o Habib’s criou uma segunda versão do vídeo, sem a música, mas com um texto explicando que “a concorrente não ficou muito contente”. Em post no Facebook, a rede dizia que tirou “a parte mais engraçada” do comercial, mas manteve “a mais gostosa”.

Agora, a recomendação do órgão é que que o vídeo “Leilão”, que mostra uma batalha por lanches mais baratos e foi lançada antes, também deixe de circular. Desde a abertura da investigação, no dia 14 de outubro, as duas propagandas saíram de circulação nas redes de televisão, de acordo com o Habib's.

As determinações do Conar não têm força de lei e, portanto, não geram medidas punitivas; mesmo assim, as agências publicitárias e marcas costumam acata-las.

Contato