Em minhas-financas / turismo

Passageiro arruma confusão em voo da American Airlines e pode pegar até 20 anos de prisão

O voo partia da ilha de Saint Croix com destino à Miami, nos Estados Unidos

American Airlines
(Divulgação/American Airlines)

SÃO PAULO – Um passageiro da American Airlines que criou confusão no voo por ter um pedido negado pode pegar até 20 anos de prisão, segundo o site Travel Mole.

No caso, o passageiro pediu à comissária de bordo que lhe servisse mais cerveja e, ao receber uma resposta negativa, gritou com a aeromoça. O passageiro que sentava ao seu lado, um policial que estava de folga, tentou intervir e acabou sendo agredido por Jason Felix, que agora enfrenta acusações federais por ter “atrapalhado o serviço da equipe de bordo do voo”.

Um vídeo não divulgado para o público mostra Felix usando xingamentos homofóbicos contra a comissária e, em seguida, ameaçando o colega policial de morte. “Eu sei que você é um policial. Eu vou te matar”, ele teria gritado.

O voo partia da ilha de Saint Croix com destino à Miami, nos Estados Unidos. O voo continuou operando normalmente e, assim que pousou em Miami, Jason Felix foi levado pela polícia local.

Sobre o ocorrido, a American Airlines divulgou o seguinte comunicado: “A Amercian Airlines solicitou a aplicação da lei e reforço policial no voo número 1293, de St. Croix a Miami, por conta da desordem causada por um passageiro. Nós agradecemos nossa equipe por cuidar de nossos clientes e estamos orgulhosos do trabalho que eles fazem todos os dias”. 

Quer realizar a viagem dos seus sonhos? Invista seu dinheiro. Abra sua conta na XP Investimentos

Contato