Em minhas-financas / turismo

Hóspedes do Airbnb em Miami Beach são expulsos das casas e propriedades multadas; entenda

O jornal local Miami New Times conta que, além das multas, a cidade vai lançar uma campanha para que os residentes não aluguem suas casas para empresas como o Airbnb

Miami Beach
(Shutterstock.com)

SÃO PAULO – Alugar uma propriedade do Airbnb em Miami já não é tão simples quanto deveria: segundo informações do jornal local Miami New Times, a cidade já multou a empresa e outros sites, como o Booking.com e o Homeaway, que também permitem o aluguel de casas, e chegou a expulsar 31 turistas que se hospedavam nessas propriedades; as propriedades também foram multadas.

O jornal conta que a cidade vai lançar uma campanha em que pedirá para que os residentes ajudem a cidade a “cuidar dos seus bairros” para que nenhum vizinho cadastre sua casa no Airbnb. Também serão aplicadas multas de US$ 20 mil a US$ 80 mil para quem disponibilizar a casa para aluguel ou divulgar o aluguem de curta duração.

Em memorando sobre a campanha, o administrador da cidade, Jimmy Morales, escreveu que os hóspedes do Airbnb geram barulho e trânsito em excesso, o que causa “impactos adversos nas residências próximas e impactam negativamente a qualidade de vida dos que moram em bairros residenciais”.

Além de Miami, o Airbnb já enfrentou brigas com outras cidades, como Barcelona, Paris, Nova York, Berlim e Amsterdã, todas que tentaram proibir o funcionamento da empresa.

Contato