Em minhas-financas / turismo

Turista de golfe gasta de 50% a 100% a mais que o convencional

De olho nesse público, o Embratur vai apresentar o Brasil como destino a golfistas em evento que ocorre na Turquia até quinta

SÃO PAULO - De acordo com a IAGTO (Associação Internacional dos Operadores de Turismo de Golfe), os viajantes golfistas gastam entre 50% a 100% a mais do que os turistas convencionais.

De olho exatamente nesse público, o Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) vai participar da IGTM (International Golf Travel Market), que ocorre desde esta segunda-feira (14) até a próxima quinta-feira (17), para apresentar o Brasil como destino turístico ideal para a prática do esporte.

"Temos diversos fatores que podem despertar o interesse de golfistas de todo o mundo, como sol o ano inteiro", destacou o presidente do Embratur, Flávio Dino. "A prática esportiva ainda pode ser complementada pelos segmentos de sol e praia, ecoturismo e aventura, negócios, por exemplo. Além disso, temos campos com qualidade internacional espalhados por todas as regiões brasileiras".

Sobre o evento
Realizada em Belek-Antalya (Turquia) na edição deste ano, a IGTM é considerada por muitos como o maior e mais importante evento de turismo de golfe do mundo. Sua característica principal é a presença de compradores e fornecedores especializados neste tipo de turismo.

Por meio de uma plataforma on-line, o evento disponibiliza uma ferramente pré-agendamento de encontros individuais, com intervalos de 15 a 20 minutos de socialização, na qual os inscritos podem realizar o seu planejamento prévio. Com ela, os profissionais aproveitam melhor o tempo e diversificam os contatos.

A edição do ano passado contou com cerca de 300 operadores de 65 países e 1.600 participantes de todo o mundo, incluindo diferentes e diversificados mercados.

Contato