Ministério da Justiça quer saber se recall da Kia e Hyundai atinge consumidor brasileiro

Comunicado na última semana, recall atinge 1,8 milhão de veículos
Por Gladys Ferraz Magalhães  
a a a

SÃO PAULO – O Ministério da Justiça encaminhou na última sexta-feira (5) uma notificação às empresas CAOA e Kia Motors solicitando esclarecimentos quanto ao recall de cerca de 1,8 milhão de veículos a ser realizado nos Estados Unidos.

De acordo com nota da Senacon/ MJ (Secretaria Nacional do Consumidor do Ministério da Justiça), o Ministério quer saber se o recall atinge o consumidor brasileiro.

“Conforme estabelecido pela Recomendação do Grupo de Estudos Permanentes de Acidente de Consumo (GEPAC), número 01/2012, para garantir o direito à informação também aos consumidores brasileiros, os representantes nacionais de fornecedores estrangeiros devem comunicar às autoridades brasileiras competentes sempre que produtos ou serviços objeto de recall no exterior não atingirem o mercado brasileiro”.

Recall
Comunicado na última semana, o recall atinge veículos Hyundai Accent e Tucson (2007-2009), Elantra (2007-2010), Santa Fe (2007-2011), Veracruz (2008-2009), Genesis (2010-2011), Sonata (2011), Kia Optima (2011), Rondo (2007-2010), Sedona (2007), Sorento (2007-2011), Soul (2010-2011) e Sportage (2007-2010).

O motivo da campanha de recall foi o defeito encontrado em um interruptor que pode causar mau funcionamento das luzes do freio, piloto automático, botão de ignição e impedir que a alavanca de câmbio saia da posição “P” (estacionamento), além da possibilidade de funcionamento incorreto do alerta de controle da estabilidade.

Procuradas pelo portal InfoMoney, a CAOA, responsável pela importação dos carros da Hyundai no Brasil, informou que aguarda informações da matriz estrangeira. Já a Kia, até o fechamento desta matéria, não enviou um posicionamento sobre o assunto.

Assuntos relacionados: Carros Hyundai Kia Recall Segurança

Deixe seu comentário