Em minhas-financas / precos

Transporte fica até 36% mais caro em São Paulo no sábado; Veja novos preços

O bilhete unitário dos ônibus, trens e metrô será mantido em R$ 3,80

SÃO PAULO – As tarifas integradas entre ônibus e metrô/trem ficarão 14,8% mais caras em São Paulo a partir do próximo sábado (15). A integração passará de R$ 5,92 para R$ 6,80. O bilhete unitário dos ônibus, trens e metrô será mantido em R$ 3,80.

O reajuste foi aprovado no STJ (Superior Tribunal de Justiça) após uma decisão judicial ter suspendido a elevação dos preços no início do ano sob o argumento de que as tarifas seriam mais prejudiciais para quem mora mais longe e precisa realizar mais integrações para se locomover em São Paulo.

O governo de São Paulo recorreu da decisão alegando que a ausência do reajuste implicaria em prejuízo de aproximadamente R$ 400 milhões.

Veja as mudanças:

O bilhete único mensal e 24 horas (indicado para mais de quatro viagens em um dia) terá seu valor reajustado em até 35,7%. O bilhete 24 horas comum custará R$ 15 e o integrado custará R$ 20.

O bilhete mensal, que não era reajustado desde sua criação há três anos, passará de R$ 140 para R$ 190 na versão comum (para mais de 50 viagens por mês) e de R$ 230 para R$ 300 para integrações (para mais de 44 viagens por mês), com limite de 10 embarques por dia.

O bilhete semanal continua extinto devido à baixa taxa de adesão. O bilhete “madrugador”, para ser usado no metrô das 4h40 às 6h15, e nos trens das 4h40 às 5h35, segue em R$ 3,40. O bilhete “da hora” também não teve alteração e segue em R$ 3,40 das 9h às 10h, nas linhas 5, 8 e 9.

Linha 4 do metrô
(Divulgação/ViaQuatro)

Contato