Em minhas-financas

Quer alavancar os negócios em sua empresa? Fique de olho na concorrência!

Conhecendo-a melhor, você poderá estabelecer uma relação equilibrada: não temer demais, e muito menos subestimar os riscos

v class="show-for-large id-0 cm-clear float-left cm-mg-40-r cm-mg-20-b" data-show="desktop" data-widgetid="0" style="">
SÃO PAULO - Que o mercado está acirrado, você já sabe. Porém, o princípio básico do empreendedorismo é não desanimar, e encarar todo desafio como uma grande oportunidade. Mas será que não está faltando um ingrediente para garantir êxito em sua empresa? Vai aí a resposta: encare a concorrência!

Não tema e nem subestime o "seu vizinho"
Você já parou para pensar em quem são os seus concorrentes? Não se trata apenas de mencionar uma lista de nomes, mas sim de avaliar se eles realmente atuam na mesma área que a sua, e quais produtos ou serviços se assemelham aos da sua empresa.

Conhecendo-os melhor, ficará mais fácil achar uma relação equilibrada para aperfeiçoar sua observação: não temer demais, mas não subestimar os riscos que pode estar correndo.

Porte da empresa não é limitador
Observar a concorrência de perto é uma estratégia mais do que necessária em qualquer empresa, independente do porte.

No mundo corporativo, chama-se "inteligência competitiva" a prática de levantar informações do mercado (área de atuação da sua empresa), realizar pesquisas, visitar a concorrência, ouvir mais os seus clientes, participar de feiras e eventos do seu setor.

Quanto mais informações você puder apurar, melhor. Por isso, use e abuse de outros recursos: faça suas buscas na internet, acompanhe as notícias do seu setor em publicações especializadas e esteja atento a tudo o que for veiculado pela mídia.

Prepare a sua estratégia
Mas, e depois? Bem, apuradas as informações, você terá que desenvolver sua estratégia de negócio. Que tal um exemplo prático? Se você possui uma loja de carros, deve estar atento às campanhas de vendas feitas pelas concorrentes: promoções, facilidades de pagamento, brindes, eventos especiais para atrair compradores.

A pergunta é: de posse de tantos dados, o que fazer com eles? Tratar da sua estratégia! Reúna sua equipe e pense em alternativas para que sua empresa ofereça um diferencial e se destaque diante do "seu vizinho". Na pior das hipóteses, seus planos devem, no mínimo, neutralizar a concorrência. Boa sorte!

Contato