Em minhas-financas

Liderança: para melhores resultados em sua equipe, dê o exemplo!

Coordenar bem um grupo exige algumas medidas, como aprender a delegar e evitar que o sucesso lhe suba à cabeça

v class="show-for-large id-0 cm-clear float-left cm-mg-40-r cm-mg-20-b" data-show="desktop" data-widgetid="0" style="">
SÃO PAULO - Uma das principais preocupações de quem ocupa um cargo de liderança é como conciliar a cobrança da empresa (ou dos clientes), seu crescimento pessoal e a forma como pensam e agem os seus funcionários diretos. Vale lembrar que tantos interesses e objetivos envolvidos não são sempre os mesmos para todos os lados, o que faz com que sua tarefa se torne um pouco mais ousada.

E para obter bons resultados neste desafio, você deve se preparar bastante. Saber de sua responsabilidade é o primeiro passo. Lembre-se que o seu sucesso depende diretamente de todo o grupo. Ou seja, se as coisas não forem bem em sua área, ou em sua empresa, você responderá por isso!

Liderança e poder: caminho perigoso
Caso tenha sido promovido a um cargo de liderança, comemore, mas não deixe que o orgulho fale alto demais. O fato de ser convidado a coordenar um grupo significa que a empresa confia em seu trabalho, e espera que você passe sua experiência aos demais, mostrando resultados.

Jamais deixe que este novo cargo lhe suba à cabeça, e não se coloque como superior aos demais. A dica vale também para os empresários, que comandam uma pequena ou grande equipe: tenha consciência de que no mundo corporativo as coisas mudam sempre, e uma posição vantajosa hoje pode se reverter amanhã. Liderar significa ser responsável por erros e acertos de um grupo. Portanto, lute pelo sucesso!!

Sua motivação é a do grupo
Com o passar do tempo, perceberá que o seu modo de agir refletirá diretamente em seu grupo. Por isso, sua satisfação ou descontentamento gerará efeito na equipe.

Garanta a sua motivação, mantendo-se sempre em equilíbrio. Isto envolve separar problemas pessoais dos profissionais e focar-se em objetivos bastante definidos em seu trabalho.

Caso haja motivo para descontentamento, exponha-os a quem realmente pode resolver seu problema. Isso significa, basicamente, não atribuir ao grupo uma culpa que não tem.

Mostre satisfação pelo que você faz. Se não acreditar na finalidade do que produz, nos resultados do seu trabalho, como poderá se sentir no direito de cobrar bom desempenho do seu pessoal?

Evite também julgamentos precipitados. Antes de atribuir qualquer culpa a um funcionário, examine a questão de forma imparcial e equilibrada.

Mais ação, menos palavras
Ficar no comando não significa mandar fazer o tempo todo. Com tanta experiência, você pode ajudar seu grupo mostrando na prática como chegar a determinado resultado.

Uma das maiores reclamações de funcionários é a de terem chefes que mandam muito, mas não fazem nada. Sendo assim, fuja deste caminho.

Coloque-se na posição dos seus funcionários. Como se sentiria acumulado de trabalho e, para piorar, com uma pessoa criticando e dando palpites durante todo o tempo?

Antes de solicitar à equipe a execução de uma tarefa, verifique com critério se ela realmente é necessária, se há um objetivo interessante que justifique o esforço. Não aloque pessoas para projetos que não possuem metas, que se tratam apenas de pesquisa para sanar uma curiosidade sua. Isso desmotiva qualquer um.

Apresente os resultados conquistados por sua equipe ou pela sua empresa. Divida com eles a comemoração de cada passo bem-sucedido.

Aprenda a delegar
Tenha sempre em mente a idéia de treinar substitutos para a sua função. Não veja esta medida como algo perigoso. Pelo contrário, o fato de delegar dará maior motivação ao grupo e lhe oferecerá condições para se dedicar a outros projetos.

O fato de treinar alguém para substituí-lo não deve ser visto como uma ameaça ao seu emprego. Lembre-se, uma equipe bem coordenada funciona bem mesmo quando seu líder precisa se ausentar.

Neste caso, não economize esforços para colocar em prática esta dica. Não se conforme nunca com o fato de jamais tirar férias ou se afastar em razão de um treinamento, por exemplo. Como bom profissional, liderando uma equipe ou gerenciando sua própria empresa, você precisa renovar seus conhecimentos e suas energias. Sucesso!

Contato