Gol e TAM dizem que não fazem venda de casada de seguro-viagem

Segundo a Proteste, existe falta de transparência e ausência de informações por partes das companhias aéreas na hora de vender o seguro
Por Welington Vital  
a a a

SÃO PAULO – A TAM Linhas Aéreas informou, por meio de sua assessoria de imprensa, que não promove a venda casada de passagens aéreas e seguro-viagem. A empresa também informou que ainda não foi notificada oficialmente do processo administrativo movido pela Secretaria Nacional do Consumidor.

A companhia esclareceu que o seguro-viagem pode ser adquirido no seu site se essa for a vontade do cliente, não havendo obrigatoriedade – o cliente pode comprar a passagem sem adquirir o seguro.

A Gol também informou, por meio de sua assessoria de imprensa, que não realiza a venda casa e que o seguro-viagem é um serviço opcional oferecido aos seus clientes.

O que diz a Proteste
Segundo a Proteste – Associação de Consumidores,  há falta de transparência e ausência de informações por partes das companhias aéreas pela inserção de seguro de viagem selecionado no momento da contratação. A associação informou que havia denunciado a irregularidade em 2008.

Na ocasião a PROTESTE constatou que havia a prática de venda casada na medida em que se induzia o consumidor a comprar os seguros de viagem sem saber, uma vez que o site da Gol apresentava a compra do serviço já previamente selecionada, como se fosse parte das tarifas do setor.

Depois de examinar documentos e denúncias de consumidores e também ouvir, de forma preliminar, as empresas, o DPDC (Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor) concluiu que há indícios de infração aos direitos básicos do consumidor e de prática comercial abusiva no fornecimento de serviços.

Os fornecedores têm dez dias, a partir do recebimento da notificação, para apresentar sua defesa. Se for constatada infração, as empresas poderão ser multadas em até R$ 6,2 milhões, de acordo com o Código de Defesa do Consumidor.

Assuntos relacionados: Aviação Transportes Turismo Viagem

Deixe seu comentário