Comércio eletrônico: preços ao consumidor ficam 7,07% mais baratos em 12 meses

De acordo com Índice Fipe Buscapé, categoria que apresentou maior queda foi a de eletrônicos, com -14,85%
Por Fabiana Pimentel  
a a a

SÃO PAULO - Os preços ao consumidor no comércio eletrônico ficaram, em média, 7,07% mais baratos entre junho de 2011 e junho de 2012, segundo o Índice Fipe Buscapé, divulgado nesta quarta-feira (4).

Na análise das categorias, as que apresentaram queda mais acentuada de preços nos últimos 12 meses foram a de eletrônicos (-14,85%) e a de telefonia (-12,99%).

As categorias fotografia e moda/acessórios, que também disputaram o orçamento do consumidor no segmento de bens duráveis, também registraram deflação no período, de 12,32% e 10,68%, respectivamente.

Junho
Na análise mensal, de modo geral, os preços recuaram 0,31%, na comparação entre junho com o mês anterior.

Considerando-se o peso na composição do índice, os produtos cujas variações de preços tiveram mais impacto para o recuo geral foram: casa e decoração (-1,10%), esporte e lazer (-0,87%), moda e acessório (-0,71%), eletrônicos (-0,70%), brinquedos e games (-0,59%), fotografia (-0,41%), informática (-0,35%) e telefonia (-0,07%).

Sobre o indicador
O Índice Fipe Buscapé foi desenvolvido com metodologia da Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas) a partir de uma análise detalhada de dados recolhidos do Buscapé e da e-bit. O indicador visa atender o interesse de diversos públicos (varejistas, consumidores, importadores, financiadoras, entre outros), que não tinham acesso a dados detalhados de preços praticados nas lojas on-line.

Deixe seu comentário