Em minhas-financas / impostos

Temer admite "estudos" para aumentar alíquota do Imposto de Renda

Presidente falou em "estudos", mas informou que não há nada decidido  

SÃO PAULO – Há estudos sobre aumento da alíquota do Imposto de Renda, admitiu nesta terça-feira o presidente Michel Temer. No entanto, “não há nada decidido” e ainda não é momento para aplicar as mudanças. A fala ocorreu após a participação do governante em evento da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave) em São Paulo.

"São estudos que se fazem rotineiramente. A todo momento, o Planejamento e a Fazenda fazem estudos e esse é um dos estudos que está sendo feito. Não há nada decidido", afirmou o presidente à imprensa.

Fontes de agências de notícias disseram estar em estudo a criação de uma alíquota entre 30% e 35% para rendimentos superiores a R$ 20 mil mensais.

Também se fala em tributação de dividendos e revisão para ganhos de capital em fundos imobiliários. Ambas essas frentes não são tributadas atualmente. Na semana passada, o Estadão noticiou que há intenção de tributar também os ganhos de pessoa física para investimentos em LCI (Letras de Crédito Imobiliário) e LCA (Letras de Crédito do Agronegócio).

Com Agência Estado

Michel Temer
(Beto Barata/PR)

Contato