Conheça os 10 gastos que podem ser evitados no dia a dia

Optar por um restaurante mais barato ou até mesmo evitar de ir trabalhar todos os dias de carro pode fazer a diferença no final do mês

 27 jul, 2012 13h08
Welington Vital
consumo - compras no supermercado - varejo
(Shutterstock)

SÃO PAULO – Diariamente gastamos com pequenas coisas e não fazemos a menor noção de quanto isso representa no mês. É sempre um lanche de manhã, ou uma passada na bomboniere depois do almoço, mas você sabe o quanto isso impacta no final do mês?

Estes pequenos gastos, na maioria das vezes, não entram no orçamento do consumidor, afinal quase ninguém tem o costume de anotar tudo o que compra no dia.

Para manter um orçamento saudável é fundamental que o consumidor conheça seus gastos e reserve uma quantia, por mês, para essas pequenas despesas, que aparentemente não impactam no planejamento.

Vejas os 10 gastos que podem ser evitados no dia-a-dia:

1- Alimentação fora de casa: tome cuidado com as refeições fora de casa, avalie os preços dos restaurantes antes de fazer a refeição e evite ir aos fastfoods todo final de semana.

2- Doces: evite passar na loja de doces todos os dias após o almoço, reserve um dia na semana para as loucuras gastronômicas.

3- Bens e serviços: pesquise antes de comprar bens ou contratar serviços. Lembre-se: o melhor preço de um produto não é o praticado “naquele” ponto de venda, mas o praticado pelo mercado.

4- 10% do garçom: nos restaurantes, lembre-se que você não é obrigado a pagar os 10% do garçom. Dependendo do valor da conta, opte por entregar uma gorjeta menor para o próprio funcionário.

5- Deixe o carro na garagem: evite ir trabalhar todos os dias de carro, use o transporte público, ou até mesmo carona dos amigos.

6 – Cartão de crédito: deixe o cartão em casa, isso evita que você compre por impulso.

7 – Compras coletivas: compras compartilhadas podem representar redução de gastos para todo o grupo. Particularmente entre familiares, é uma prática bem interessante e, quanto maior a família, maior o volume de cada item a comprar e, potencialmente, maior o benefício do compartilhamento.

8 – Lazer: aos finais de semana, busque opções de lazer mais baratas. Seus filhos podem se divertir tanto no shopping center, quanto em um parque.

9 - Deixe as marcas de lado: produtos de marcas menos conhecidas são tão bons quanto os das grandes grifes. Isso vale também para produtos  das marcas dos supermercados.

10 – Presente: economize nos presentes, opte pelas famosas lembrancinhas, presenteie seus amigos com um livro ou um DVD, são mais baratos.

COMENTÁRIOS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Contato