Em minhas-financas / credito

Bancos reduzem juros após decisão do Copom

Itaú e Banco do Brasil foram os primeiros a anunciar a redução

SÃO PAULO - Após decisão corte de 1 ponto percentual na taxa básica de juros (Selic), para 8,25% ao ano, bancos brasileiros anunciaram repasse dessa redução aos clientes. É a sexta vez no ano que ocorre o mesmo movimento. 

Um dos primeiros a anunciar o corte, o Itaú repassará o corte aos clientes a partir de 13 de setembro, de acordo com o perfil de cada um e do histórico com o banco. Para pessoa física haverá redução nas taxas do empréstimo pessoal e cheque especial; para micro e pequenas empresas, serão alteradas as taxas do produto capital giro e cheque especial. Para veículos, o banco já vem reduzindo ao longo do ano a taxa de financiamento, convergindo com a queda da Selic.

O Banco do Brasil anunciou o corte quase ao mesmo tempo da divulgação da decisão pelo BC. Para as linhas do SFH, as novas taxas passam a variar no intervalo entre 9,24% a 10,44% ao ano, ante os 9,74% e 10,69% ao ano cobrados até aqui. Já na Carteira Hipotecária, as taxas eram 10,65% e 11,74% ao ano e agora serão reduzidas para 10,15% na mínima e 11,49% ao ano no maior patamar.

Já o Bradesco informou apenas que irá repassar o corte para as principais linhas de crédito de pessoa física e pessoa jurídica. 

Na mesma linha, o Santander anunciou cortes nas principais modalidades de crédito para pessoa física. 

Itaú Unibanco
(Divulgação)

Contato