Em minhas-financas / credito

SPC Brasil estima 40 milhões em Cadastro Positivo até o final de 2014

Com o cadastro, espera-se praticar juros, prazos e taxas mais favoráveis aos bons pagadores

CredFácil - franquia
(Divulgação)

SÃO PAULO – O SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito) estima que o sistema de Cadastro Positivo terá 40 milhões de inscritos até o final do ano de 2014.

Funcionando desde o dia 1 deste mês, o Cadastro Positivo é um banco de dados, geridos por empresas especializadas, que contém informações acerca do histórico de pagamentos de cada indivíduo ou empresa. Assim, faturas de cartão de crédito, crediários, empréstimos, financiamentos, contas de telefone fixo, luz, internet, entre outras, terão a pontualidade de pagamento analisada para a concessão de crédito.

“Com a plena alimentação do Cadastro Positivo, o comércio varejista, bancos e financeiras poderão praticar juros, prazos e taxas mais favoráveis aos bons pagadores, já que estes oferecem menores riscos”, avalia o superintendente do SPC Brasil, Nival Martins.

Como aderir?
A adesão ao cadastro positivo é facultativa. Quem quiser integrá-lo pode fazer o download do formulário no site do SPC (https://www.spcbrasil.org.br/consumidor/cadastro-positivo), preenchê-lo e entregá-lo em qualquer posto de atendimento da entidade ou enviar pelo correio. O SPC promete adesão pelo site ainda este semestre.

Outra alternativa é a Serasa Experian (www.serasaexperian.com.br). Na Serasa, o consumidor faz a adesão no site e recebe grátis um relatório sobre as atividades de seu CPF e um serviço que avisa toda vez que o documento for consultado por uma empresa

Contato