Em minhas-financas / credito

Empréstimo consignado responde pela maioria das queixas no INSS

De um total de 139.215 reclamações, as referentes ao crédito consignado somaram 15.821; atendimentos aumentaram 10% em 2011

cartão de crédito - consumo - Visa - Master
(Getty Images)

SÃO PAULO – A maior parte das queixas registradas na ouvidoria do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) em 2011 foram a respeito do Crédito Consignado. De um total de 139.215 reclamações, as de empréstimo consignado responderam por 15.821, ou seja, 11,3%. As informações são do Relatório Anual de Atividades da Ouvidoria-Geral da Previdência Social, divulgado pelo Ministério da Previdência.

Reclamações por setor
Embora o empréstimo consignado responda pelo maior número de reclamações, o setor bancário - que engloba o empréstimo consignado - no geral não foi o responsável pelo 1º lugar nas queixas da ouvidoria do INSS. A maior parte das reclamações ocorreu por conta de problemas de benefícios do INSS, 49,2%, um total de 68.547 atendimentos.

O setor bancário, por sua vez, ficou em 2º lugar, com 33.124 queixas (23,7% do total de registros). Logo após, em 3º lugar estão as reclamações com previdência, que resultaram em 32.980 atendimentos, 23,6% desta amostra.

Atendimentos
Em 2010 foram registradas 168.184 atendimentos na ouvidoria do órgão. Já no ano passado, ocorreram 184.964, um aumento de 10%.

Em 2011, a maioria dos atendimentos de queixas foram feitos por telefone – 17.430, contra 1.396 por meio de outras correspondências, tais como e-mail e fax. O número de reclamações presenciais foi de 1.360. 

Contato