Em minhas-financas / consumo

Esses são os 12 piores filmes originais da Netflix, segundo críticos

Lista reúne filmes classificados como "podre" pelo agregador de avaliações de cinema RottenTomatoes

Death Note - Netflix
(Reprodução)

SÃO PAULO – O pior filme original da Netflix é “The Ridiculous 6”, de acordo com ranking elaborado pelo Business Insider. O longa de 2015 que traz Adam Sandler, Terry Crews e Jorge Garcia recebeu a nota de 13% dos críticos do site especializado em filmes e séries RottenTomatoes. Ele foi classificado como “podre”, com nota 3 de um total de 10, enquanto pelos usuários recebeu uma nota de 9% (1,3 de 5).

Não foram incluídos na lista documentários e filmes que não possuíam uma quantidade suficiente de avaliações para receber a classificação de "fresco" ou "podre". As avaliações dos usuários, por sua vez, foram utilizadas para critério de desempate. 

Confira, abaixo os 12 piores filmes de acordo com o portal, além da nota da crítica, a nota dada pelos usuários e uma breve descrição de cada longa:

1.“ The Ridiculous 6” (2015)

“Para resgatar seu pai fora da lei, Tommy “Faca Branca” Stockburn parte em uma jornada através do velho oeste com cinco irmãos que ele nem sabia que existiam”.

Nota da crítica: 0%
Nota do público: 32%

2. “A História Real de um Assassino Falso” (2016)

“Após seu romance fictício ser publicado como um livro de memórias, um escritor é arrastado para uma perigosa conspiração política na Venezuela”.

Nota da crítica: 0%
Nota do público: 43%

3. “Zerando a Vida” (2016)

“A vida de um gerente de banco muda de ritmo quando um velho amigo forja a morte dos dois e eles começam tudo de novo”.

Nota da crítica: 5%
Nota do público: 42%

4. “Vende-se Esta Casa” (2018)

“Depois de uma tragédia, uma mãe e o filho adolescente vão viver nas montanhas numa casa desocupada de parentes. Lá, forças aterrorizantes e misteriosas os aguardam”.

Nota da crítica: 13%
Nota do público: 9%

5. “O Tigre e o Dragão: A Lenda Verde” (2016)

“Yu Shu Lien, Snow Vase e Silent Wolf protegem uma espada legendária de um perigoso senhor de guerra e sua clã”. (Não disponível no Brasil)

Nota da crítica: 19%
Nota do público: 38%

6. “Brain on Fire” (2016)

"Susannah Cahalan é uma jornalista diagnosticada como psicótica, violenta e perigosa para convívio e após muito tempo confinada em um quarto de hospital sem entender o que aconteceu precisa de apoio da família para superar a situação" (Não disponível no Brasil)

Nota da crítica: 22%
Nota do público: 59%

7. “Bright” (2017)

“Em um mundo habitado por diferentes espécies, um policial humano e seu parceiro orc encontram um artefato que os coloca no centro de uma profética guerra por território”.

Nota da crítica: 26%
Nota do público: 85%

8. “Step Sisters” (2018)

“Com seu sonho de estudar em Harvard em jogo, a líder de uma irmandade negra resolve ajudar as rivais brancas sem jeito para dança a vencer um concurso”.

Nota da crítica: 25%
Nota do público: 45%

9. “Sandy Wexler” (2017)

“Quando um empresário atrapalhado mas dedicado assina o primeiro contrato de uma cliente com talento de verdade, a carreira dele decola”.

Nota da crítica: 29%
Nota do público: 40%

10. “Death Note” (2017)

“Um jovem usa os poderes de um caderno sobrenatural para matar bandidos, mas acaba atraindo a atenção de um detetive, um demônio e uma colega”.

Nota da crítica: 40%
Nota do público: 25%

11. “ARQ” (2016)

“Presos num laboratório e em um loop do tempo, Renton e Hannah lutam contra ladrões mascarados enquanto protegem uma nova fonte de energia que pode salvar a humanidade”.

Nota da crítica: 43%
Nota do público: 46%

12. “A mulher mais odiada dos Estados Unidos” (2017)

“De suas batalhas nos tribunais a seu sequestro, este drama acompanha a controversa Madalyn Murray O'Hair, que insistiu em seu direito ao ateísmo”.

Nota da crítica: 41%
Nota do público: 43%

Quer investir com consultoria especializada? Abra uma conta na XP

Contato