Por Giovanna Sutto Em minhas-financas / consumo  15 mar, 2017 12h58

Saiba em quais situações usar o cartão de crédito é a melhor escolha

As dicas podem ajudar você a se organizar melhor e saber quando comprar no crédito

Por Giovanna Sutto Em minhas-financas / consumo  15 mar, 2017 12h58

SÃO PAULO – Ser organizado financeiramente pode ser um desafio e muitas pessoas se endividam por não saber administrar suas contas. Um dos vilões das dívidas para grande parte da população é o cartão de crédito. 

Segundo Jansen Costa, assessor de investimentos da Fatorial Investimentos, o cartão de crédito pode ser uma boa opção para quem tem um bom controle financeiro. Caso contrário, pode tornar-se uma armadilha. “O cartão de crédito pode atrapalhar muito a vida financeira das pessoas e só deve ser usado se você tem controle das suas finanças. Se não, é bom evitar”, explica Silva. 

O consultor financeiro da Up My Money, Rodrigo Bussab, destaca que a primeira coisa que você deve pensar ao usar o cartão de crédito é se terá o dinheiro para pagar a fatura integralmente. "Se você tiver essa consciência está no caminho certo da organização financeira”, diz.

Além disso, ele explica que não se deve comprar algo no cartão de crédito na expectativa de receber alguma quantia posteriormente para pagar a fatura. “É imprudente. Você não pode arcar com um pagamento que você ainda não tem o dinheiro, mesmo que você não tire a quantia da sua conta agora, deve ter certeza que conseguirá pagar”, explica.

Isso porque em caso de algum imprevisto, você terá que arcar com juros muito altos do cartão de crédito. "A dívida de cartão de crédito deve ser ao máximo evitada”, aconselha Jansen Costa.

Rodrigo Bussab diz ainda que o ideal é as pessoas não terem mais de dois cartões de créditos. “Dois cartões é o máximo que alguém deve ter, com duas bandeiras diferentes e com datas de vencimento espaçadas em 15 dias, mais ou menos, para ajudar na administração das contas”, explica. Com muitos cartões de crédito, o limite de dinheiro que eles oferecem ultrapassa o seu salário, o que pode gerar dívidas se você gastar mais do que deve, explica o consultor. 

Por outro lado, os especialistas explicam que é uma questão de costume usar o cartão de crédito para compras e em algumas situações vale a pena usar. “O crédito tem suas vantagens. Se a pessoa, por exemplo, costuma trabalhar com milhas para viajar, usar o crédito é uma ótima forma de conseguir mais e mais pontos”, explica Bussab.

Ele explica que se você usa um programa de milhagens, quanto mais você gastar no cartão de crédito melhor, “porque os gastos são revertidos em pontos e se tornam descontos na hora da compra”.

Além disso, Silva explica que o crédito é sempre bom para fazer compras parceladas, que o desconto não foi dado à vista. "Isso acontece muito com diárias de hotel, passagens aéreas e produtos de consumo, como eletrodomésticos, por exemplo. Então em itens assim, vale a pena comprar no crédito”, explica o consultor financeiro.

Ele pondera, considerando que “se você puder pagar à vista e com desconto, sempre dê preferência por isso. Evita dor de cabeça mais para frente na hora de pagar uma fatura”.

compras - consumo - cartão de crédito - débito
(Shutterstock)

Contato