Em minhas-financas / consorcios

Mulheres respondem por 65% das cotas do consórcio de serviços, estima Abac

Crescimento da presença das pessoas jurídicas também foi significativo neste categoria de serviços

contrato
(ThinkStock)

SÃO PAULO - Uma pesquisa realizada recentemente pela Quorum Brasil, por solicitação da Abac (Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios), apontou 65% de presença feminina contra 35% masculina nos consórcios de serviços.

Além da maior presença do público feminino, a pesquisa constato que entre os participantes em consórcios de serviços, 31% estão em duas faixas etárias, de 30 a 39 anos e acima de 50 anos. Os participantes de idades entre 40 a 49 anos tiveram 23% de participação e os jovens de 20 a 29 somaram 15%.

O crescimento da presença das pessoas jurídicas também foi significativo neste categoria de serviços, com 361,5% de alta nos últimos doze meses. O percentual saltou de 2% em maio de 2013 para 9,23% em maio deste ano. Paralelamente, as pessoas físicas ficaram em 90,77%.

De acordo com a associação, a categoria de serviços tem apresentado uma grande variedade de utilização das cotas dos créditos após contemplada. Uma pesquisa mostrou que, além dos serviços mais procurados nos cinco anos de existência, como festas e eventos e turismo, serviços residenciais e educação e procedimentos médicos, o participante tem utilizado o crédito para serviços relacionados à consultorias diversas, mecânica automotiva e telecomunicações.

No total,  sistema de consórcios conta atualmente com 5,87 milhões de consorciados nos diversos tipos de produtos e serviços. De janeiro a março último, foram contemplados 330,7 mil participantes e registradas 609,8 mil novas adesões. O total de créditos comercializados com as novas cotas no primeiro bimestre chegou a R$ 19,7 bilhões. O volume de créditos disponibilizados pelas contemplações atingiu R$ 9,1 bilhões.

Contato