Em minhas-financas / consorcios

Número de participantes de consórcios bate recorde de 5,5 milhões em agosto

O total de consorciados aumentou nos setores de veículos, imóveis e serviços e diminuiu  no de eletroeletrônicos e outros bens móveis

dinheiro emprestado - empréstimo - negócios
(Getty Images)

SÃO PAULO - O número de participantes de consórcios chegou a 5,55 milhões em agosto deste ano, apresentando um aumento 10,1% ante o mesmo mês de 2012. O número também representa um recorde de participação nos últimos dez anos, informou um levantamento feito pela Abac (Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios).

Segundo a associação, o total de consorciados aumentou em todos os setores – veículos automotores, imóveis e serviços – com exceção dos eletroeletrônicos e outros bens móveis. No acumulado de janeiro a agosto, as vendas de novas cotas (novos consorciados) registrou estabilidade em 1,66 milhão, em relação ao mesmo período no ano passado.

Já o total de contemplações (consorciados que tiveram a oportunidade de comprar bens), considerado os mesmos oito meses, teve alta de 1,2%, subindo de 807,6 mil para 816,9 mil entre 2012 e 2013.

Veículos
Em agosto número de participantes de consórcios do setor de veículos, que agrupa leves, pesados e motocicletas, cresceu 11,6%, fechando o mês com mais de 4,80 milhões de consorciados. No acumulado as vendas também apresentaram resultado positivo de 1,3%.

Imóveis
Apesar das oscilações mensais nas vendas de novas cotas, o consórcio de imóveis registrou novamente crescimento no total de participantes, chegando a 690,5 mil em agosto. As vendas de novas cotas tiveram retração de 3,6% e, contemplações, -5,4%. No acumulado, contudo, a alta foi de 1,8%, em relação ao acumulado de 2012.

O ticket médio (valor médio da cota do mês) apresentou estabilidade entre agosto de 2013 e de 2012, com R$ 110,4 mil.

Serviços e bens móveis duráveis
Acompanhando o resultado positivo em agosto, o número de participantes de consórcios de serviços cresceu de 14,5 mil para 16,5 mil em um ano, alta de 13,8%. As contemplações também tiveram expansão de 11,1%. Já as vendas novas cotas apresentou retração de 31%.

Eletrônicos e outros bens móveis duráveis também apresentaram diminuição de 32,3% de participantes, -53,8% em novos consorciados e -34,1% nas contemplações.

Contato