Em minhas-financas / carros

7 dicas para economizar combustível do carro

Especialista no setor automotivo elencou os principais itens para você economizar 

SÃO PAULO - Ter um carro gera uma série de gastos: seguro, IPVA, prestações e claro com o combustível. Gasolina, álcool e diesel são responsáveis por grande parte dos custos, que são inevitáveis - afinal o carro precisa rodar. No entanto, existem alguns truques que farão você economizar o combustível e fazê-lo render melhor após o abastecimento. 

A reportagem conversou com Raphael Galante, economista que trabalha no setor automotivo há 14 anos e é consultor na Oikonomia Consultoria Automotiva, além de blogueiro do InfoMoney. Ele elencou 7 dicas que as pessoas podem seguir para economizar o combustível de seu carro - e consequentemente seu dinheiro

Veja as dicas do especialista: 

Não esticar as marchas na hora da troca

Galante afirma que quanto mais você respeitar a rotação do motor (evitando de esticar as marchas), melhor serão o rendimento e o consumo do carro. Ou seja, se você tiver o hábito de forçar muito as marchas, pode estar gastando combustível a mais sem necessidade. “É simples, mas faz muita diferença”, diz.

Manter cuidados com os pneus 

A calibragem do pneu é outro detalhe que muitos consumidores esquecem e que impacta na segurança e também no consumo de combustível. “Pneus murchos consomem mais combustível, porque aumentam o atrito com a via”, afirma. Outra coisa para se prestar atenção, é no alinhamento e balanceamento do carro, que devem estar sempre em dia. Alinhamento feito desgasta menos o pneu e balanceamento evita trepidações ao rodar.    

Usar menos o ar-condicionado 

“Esse é um verdadeiro vilão para o consumo de combustível, porque é operado pelo motor”, afirma Galante. Ele diz ainda que os carros com baixa cilindradas (os populares) consomem mais com o ar ligado do que os de alta cilindradas.

Não acelerar o carro desengatado  

Segundo Galante, o motorista brasileiro tem alguns “vícios”. Um exemplo, é acelerar o carro desengatado para “esquentar”. “Isso era da época do Guaraná com Rolha e a injeção eletrônica resolveu isso para nós”, afirma e orienta para que o consumidor não faça isso, porque consome combustível à toa, pode desgastar as peças e diminui a vida útil do carro.  Para carros flex você deve abastecer o tanquinho de partida a frio.

Não acelerar e frear bruscamente  

“Chegar antes no sinal fechado só vai você fazer gastar mais combustível, além de ser perigoso”, alerta Galante. Isso porque, dirigir de maneira agressiva não vai agilizar sua vida.  E atitudes assim não ajudam na economia de combustível. Para impedir o desperdício de combustível, é necessário trocar as marchas de maneira suave.

Manter velocidade constante  

“Andar em velocidade constante ajuda – e muito – na economia de combustível”, afirma Galante. As acelerações e freadas requerem mais empenho do motor e por consequência de combustível. Ou seja, mantendo um ritmo, mesmo que em velocidades mais baixas, vai promover uma economia de combustível.

Fazer as manutenções 

“Carro com manutenção em dia é mais eficiente e econômico”, ressalta Galante. É essencial verificar regularmente o desempenho do carro, e observar se é preciso trocar filtros de ar, de óleo, de combustível e fazer a substituição das velas, por exemplo. 

Carros
(Shutterstock)

Contato