Brasil tem a população que mais troca de carro

Motoristas acreditam que pessoas não terão mais carro próprio em 2020

Por Juliana Américo Lourenço da Silva
 21 jul, 2014 11h03

Juliana Américo Lourenço da Silva

SÃO PAULO – O brasileiro é a população que mais troca de carro. O levantamento “Connected Car Industry Report 2014”, realizado pela Telefónica mostra que o ciclo de vida do veículo no País é de 1,7 ano.

No Reino Unido e nos Estados unidos, por exemplo, o tempo que o motorista fica com o mesmo carro, antes de comprar um novo é de 3 anos. Já na Alemanha é de 2,8 anos e na Espanha é de 2,3 anos.

A pesquisa ainda mostra que o compartilhamento de veículos será uma realidade no Brasil em breve. "Especificamente no Brasil, acredito que entre 2 e 2 anos e meio [o compartilhamento será uma realidade]. Eu, por exemplo, enquanto estiver em São Paulo, deixarei meu carro na garagem por uma semana, e posso oferecê-lo para compartilhamento", afirma o diretor global de carro conectado da Telefónica, Pavan Mathew.

Tanto que, por causa do aumento dos serviços de compartilhamento, 35% dos motoristas acreditam que em 2020 as pessoas não terão mais um veículo próprio. O volume de carros vendidos continua crescendo nos países em desenvolvimento, mas está diminuindo nos Estados Unidos e na Europa. 

COMENTÁRIOS

Contato