Por Fabiana Pimentel Em minhas-financas / carros  13 ago, 2012 12h03

Forbes ironiza preço dos carros no Brasil e chama consumidor de ingênuo

Publicação critica preço dos modelos da Chrysler e afirma que brasileiro se engana quando compra carro por status

Por Fabiana Pimentel Em minhas-financas / carros  13 ago, 2012 12h03

SÃO PAULO - Um texto publicado na versão online da revista americana Forbes ironiza o alto preço pago pelos brasileiros em veículos da Chrysler, como Jeep e Dodge.

Segundo a publicação, um modelo Jeep Grand Cherokee vendido no Brasil por cerca de US$ 80 mil poderia ser vendido banhado a ouro, porém, no País este é o preço do modelo básico.

Outra crítica do jornalista Keneth Rapoza é ao elevado preço do Dodge Durango, que será apresentado no Brasil em outubro durante o Salão do Automóvel de São Paulo. Segundo Rapoza, o modelo será vendido no Brasil por R$ 190 mil, valor que daria para comprar três modelos do carro em Miami.

Status
De acordo com Rapoza, o consumidor brasileiro é ingênuo pois compra determinadas marcas em busca de status. Além disso, culpa as tributações e valores inflados pelos preços altos.

O texto afirma que o brasileiro confunde preço alto com produto de qualidade. Para Rapoza, o brasileiro gasta demais em um produto achando que ele lhe trará status.

O jornalista ainda enfatiza que não há status em comprar um Toyota Corolla, Honda Civic, Jeep Cherokee ou Dodge Durango. Segundo ele, um professor de escola primária do Bronx pode comprar facilmente um Grand Cherokee pouco rodado.

Para Rapoza, o consumidor brasileiro atribui um valor aos carros da Chrysler, que deveria ser dado aos automóveis da Audi, BMW e Mercedes-Benz.

Jeep Grand Cherokee
(NetCar Show)

Contato