Seguro de automóveis tem crescimento discreto em 2011

Crescimento foi de 6,6% até novembro, ante a alta de 17,6% do mercado de seguros em geral, que faturou mais de R$ 100 bi
Por Welington Vital de Oliveira  
a a a

SÃO PAULO - Em 2011, a carteira de seguro de automóveis cresceu 6,6% entre janeiro e novembro de 2011, na comparação com o mesmo período de 2010, com uma receita de prêmios de R$ 19,2 bilhões no período.

De acordo com os últimos dados da Susep (Superintendência de Seguros Privado), divulgados pelo CQCS (Centro de Qualificação do Corretor de Seguro), o crescimento foi discreto, se comparado com o avanço do mercado de seguros em geral, que teve incremento de 17,6% até novembro, com faturamento de mais de R$ 100 bilhões.

Despesas
As despesas comerciais das seguradoras cresceram mais do que a receita de prêmios no período comparado. Até novembro, esses gastos somaram mais de R$ 3,9 bilhões, com incremento de 15,9% em relação ao mesmo período de 2010.

Tal variação tanto pode indicar que houve um aumento das comissões pagas aos corretores quanto sinalizar o salto dos valores investidos pelas seguradoras em campanhas promocionais. Segundo análise da Susep, a taxa média de sinistralidade subiu de 64% para 66% entre os dois períodos.

2012
De acordo com estimativas feitas em dezembro do ano passado pelo presidente da CNSeg (Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar e Capitalização), Jorge Hilário Gouvêa, este ano o mercado de seguros deve crescer 12,8% sobre 2011 e a receita pode chegar R$ 246,86 bilhões.

Deixe seu comentário