Em mercados / politica

"Se alguém imaginou que estou saindo de cena, errou na mosca", diz Huck após desistir da eleição

Em novo artigo, apresentador global negou novamente a candidatura, mas diz que seguirá ativo no debate político

Luciano Huck
(Facebook/Arquivo Pessoal)

SÃO PAULO - Em outro artigo publicado no jornal Folha de S. Paulo para anunciar (novamente) que não é candidato a presidente, o apresentador Luciano Huck sinalizou que não está fora do debate político, mas que ele será feito através da aproximação de movimentos cívicos para a renovação política, como o Agora e o RenovaBR. 

"Se alguém imaginou que estou saindo de cena, errou na mosca. Estou tendo a alegria e o enorme privilégio de ver de perto o nascimento dos novos movimentos cívicos que brotam pelo país afora. Me aproximei dos que enxergam caminhos mais alinhados com aqueles em que acredito, o Agora e o RenovaBR. Mas vejo que não só estes dois, mas todos os movimentos genuínos de renovação, independente da corrente ideológica que representem, poderão formar uma grande plataforma de mudança radical do esfarrapado quadro da política nacional. Todos juntos pela renovação verdadeira", afirmou Huck no artigo.

O apresentador global lembra no artigo que, em novembro de 2017, afirmou que não seria candidato a nada. Contudo, "o ano começou e meu nome seguiu sendo ventilado no noticiário político e nas pesquisas eleitorais". "A recorrência desta hipótese em torno do meu nome fez ressurgir uma espiral positiva de tamanha força que foi humanamente impossível não me deixar tocar. Assim, a cabeça e a alma começaram a operar novamente seus ciclos de altos e baixos, trazendo de volta ao meu radar uma decisão avassaladora", apontou.

De acordo com ele, a espiral atraiu para perto dele "inteligências brilhantes e cabeças encantadoras", em um total de dez meses de debates e reflexão, "um tempo de tanta intensidade e qualidade, que provocou uma revolução interna, virando do avesso tudo o que eu acreditava serem meus limites e demolindo os tetos que inconscientemente limitavam o espaço acima da minha cabeça".

Assim, ele aponta que, apesar de não ser candidato, terá atuação forte na política brasileira: "só a política pode de fato tirar essas ideias e projetos do papel. Não devemos renegá-la, mas sim ocupá-la com uma nova agenda e uma nova forma de exercê-la, ética e altruísta. (...) Da minha parte, vou dedicar todo o tempo e a energia que estiverem ao meu alcance para ajudar a fazer este Brasil que a gente merece definitivamente acontecer. Deste projeto, acredite, estou mais dentro do que nunca!".

 Quer investir em ações pagando só R$ 0,80 de corretagem? Clique aqui e abra sua conta na Clear

Huck negou a sua candidatura em novembro, mas as especulações de que poderia ser candidato continuaram no radar após notícias de que ele queria que seu nome continuasse nas pesquisas de intenção de voto. A volta dos rumores de candidatura ganhou ainda mais força após a condenação do ex-presidente Lula em segunda instância no final de janeiro, com avaliações de que o apresentador global poderia conquistar parte do eleitorado do petista, além de ser mencionado pelo ex-presidente tucano Fernando Henrique Cardoso. Contudo, após muitas especulações, Huck negou na última semana que iria se candidatar.

Contato