Em mercados / politica

PSDB impõe duas exigências para decidir fechamento de questão sobre a Previdência

Segundo Alberto Goldman, a maioria da bancada está "vacilando" em torno da reforma

SÃO PAULO - Para decidir sobre o fechamento de questão sobre a reforma da Previdência, o PSDB pretende esperar a definição do texto final da reforma da Previdência e a data de votação da proposta no plenário da Câmara, afirmou nesta quarta-feira (6) o presidente interino da sigla, Alberto Goldman, ao sair da reunião da Executiva Nacional do partido.

"[essas definições] seriam importantes e necessárias para que a gente pudesse ter uma identidade mais clara perante o eleitor", afirmou Goldman, que está seguindo a cartilha dos outros partidos da base aliada, que pretendem dizer "sim" para a Previdência se tiverem segurança da vitória e evitar um desgaste desnecessário com um proposta considerada impopular a um ano das eleições.

De acordo com o presidente interino do PSDB, existe um grande número de tucanos que não possuem convicção total da necessidade das mudanças propostas na reforma da Previdência: "têm pessoas que possuem posição absolutamente firmada contra, outras firmada a favor, e outros têm, um grande número, talvez, até a maioria, ainda vacilando, não tendo certeza, não tendo convicção total da necessidade das mudanças”, revelou.

Vale lembrar, que no final do último mês, o partido sugeriu pelo menos três alterações no texto final da reforma da Previdência apresentado pelo governo: i) benefício integral na aposentadoria por invalidez, independentemente do lugar onde o problema ocorreu; ii) permissão para acumular benefícios (pensão e aposentadoria) até o teto do INSS (atualmente em R$ 5.531); ii) regra de transição especial — com pagamento de pedágio — para que os servidores que ingressaram no sistema até 2003 possam ter integralidade (último salário da carreira) e paridade (mesmo reajuste salarial dos ativos) sem ter o cumprimento da idade mínima de 65 anos (homem) e 62 anos (mulher), como sugere a reforma do governo.

Executiva - PSDB
(Divulgação/PSDB)

Contato