Em mercados / politica

Em artigo, Temer diz que Brasil voltou aos trilhos e que irá aprovar a reforma da Previdência

"Dizer que estamos mudando o Brasil não é discurso político, é a mais pura verdade", disse o presidente

SÃO PAULO - Menos de uma semana após publicar um texto em um jornal português, o presidente Michel Temer teve um artigo divulgado no Estado de S. Paulo. Com o mesmo título, "O Brasil voltou aos trilhos", o peemedebista destaca no texto as conquistas de seu governo, ressaltando que continuará fazendo reformas e que no caso da Previdência vai conseguir aprovar o texto no Congresso.

"Em face desse desafio, propus o mais amplo conjunto de reformas estruturantes dos últimos 30 anos, tendo como pilares o equilíbrio fiscal, a responsabilidade social e o aumento da produtividade", diz o presidente no início do artigo. Como resultado, Temer destaca que o País vê o número de empregos crescer, além do PIB (Produto Interno Bruto) avançar por dois trimestres consecutivos.

Ele ainda destaca a reforma trabalhista que entrou em vigor no último fim de semana. "A nova lei trabalhista estabelece perspectivas reais de atualização com o que há de mais avançado no mercado de trabalho em todo o mundo", afirma. "Dizer que estamos mudando o Brasil não é discurso político, é a mais pura verdade".

Temer reforça também os superávits recordes da balança comercial, além da recuperação da confiança na economia nacional. "Medidas de racionalidade e previsibilidade econômica têm melhorado o ambiente de negócios, por meio de iniciativas de desburocratização nos setores agrícola, de serviços, varejo e comércio exterior", diz o artigo.

Por fim, o presidente reforça que irá seguir com a agenda de reformas. "Vamos aprovar a reforma da Previdência, eliminar privilégios e garantir a solvência e a sobrevivência do sistema", afirma. "A simplificação da legislação tributária, outra prioridade, aumentará a competitividade da produção nacional. Com o apoio imprescindível do Congresso Nacional, dos trabalhadores e do empresariado, pusemos o País nos trilhos", conclui Temer.

Temer
(Reprodução)

Contato