Em mercados / politica

Senadores sabatinam Raquel Dodge, a indicada de Temer para substituir Janot; acompanhe

.

SÃO PAULO - A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do Senado Federal abriu, na manhã desta quarta-feira (12), a sessão em que será sabatinada a procuradora Raquel Dodge, indicada para o cargo de procuradora-geral da República pelo presidente Michel Temer. Com 587 votos, a procuradora foi a segunda mais votada da lista tríplice da categoria. A escolha de seu nome para a sucessão de Rodrigo Janot como a primeira mulher a ocupar o cargo vai de encontro com uma prática adotada por presidentes da República desde 2001 no sentido de atender às preferências da corporação.

Logo após a sabatina, os membros da CCJ vão decidir, em votação secreta, se aceitam ou não a indicação. Caso aceitem, o nome de Raquel Dodge passará por uma segunda e última votação, desta vez no plenário do Senado. Se confirmada a indicação do presidente Michel Temer pelos parlamentares, a procuradora assumirá o cargo em setembro, quando se encerra o mandato de Rodrigo Janot.

Mestre em direito pela Universidade de Harvard e integrante do Ministério Público Federal há 30 anos, Raquel Dodge é subprocuradora-geral da República e atua em matéria criminal no Superior Tribunal de Justiça. Pelo terceiro biênio consecutivo, ela ocupa uma cadeira do Conselho Superior do Ministério Público. A possível futura procuradora-geral da República foi procuradora federal dos Direitos do Cidadão Adjunta e auxiliou a redação do 1° Plano Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo no Brasil.

Acompanhe a sessão ao vivo:

(com Agência Brasil)

Contato