Em mercados

Indicador mais esperado da semana, inflação nos EUA cresce 0,5% em setembro

O indicador era considerado o mais importante a ser divulgado na semana, uma vez que funciona como balizador das decisões de política monetária do Federal Reserve

SÃO PAULO - O índice de preços ao consumidor nos Estados Unidos cresceu 0,50% em setembro na comparação mensal, conforme aponta o departamento de estatística trabalhista do país. O resultado veio levemente abaixo da mediana das estimativas dos economistas consultados pela Bloomberg, que apontava para alta de 0,6%. O CPI anterior havia mostrado crescimento de 0,4%.

A inflação veio abaixo do esperado em setembro mesmo com a disparada nos preços de energia, provocada pelos efeitos do furacão Harvey. Segundo o departamento de trabalho norte-americano, o desempenho dos outros itens, excluindo alimentos e combustíveis, foi abaixo do esperado pelos analistas.

O indicador era considerado o mais importante a ser divulgado na semana, uma vez que funciona como balizador das decisões de política monetária do Federal Reserve. O mercado tem tentado decifrar qual será o ritmo de alta dos juros na maior economia do mundo, o que provoca movimentações nos mercados globais, sendo determinante para os fluxos de capitais.

Bandeira dos EUA na praia
(Shutterstock)

Contato