Em mercados

"Espero que a gente esteja errado", diz economista do Itaú sobre sua projeção para reforma da Previdência

O programa Visão Macro da InfoMoney TV recebe nesta quarta-feira (13) Fernando Gonçalves, superintendente de pesquisa econômica do Itaú Unibanco

SÃO PAULO - Dentre todos os acontecimentos recentes em Brasília, a reforma da Previdência é uma novela importante que não teve seus capítulos atualizados recentemente e, na opinião da equipe econômica do Itaú Unibanco, ela não deve ser aprovada antes de 2019.

O programa Visão Macro da InfoMoney TV recebe nesta quarta-feira (13) Fernando Gonçalves, superintendente de pesquisa econômica do Itaú Unibanco, para falar sobre os impactos desse atraso na reforma previdenciária na economia do país.

Gonçalves também fala sobre a onda otimismo atual e se ela é sustentável no longo prazo, além de falar sobre suas perspectivas para emprego, PIB (Produto Interno Bruto) e dívida pública. Veja no vídeo acima.

Contato