Petrobras confirma reajuste no preço da gasolina em 7,83%

Novo preço entra em vigor já nesta segunda-feira; Cide será reduzido a zero para neutralizar o aumento da gasolina na bomba
Por Thiago Salomão  
a a a

SÃO PAULO - A Petrobras (PETR3, PETR4) acabou de anunciar que realizará um reajuste no preço da gasolina e do diesel vendido para as refinarias, que passará a entrar em vigor a partir da próxima segunda-feira (25). Segundo a estatal, a gasolina será reajustada em 7,83%, enquanto o diesel passará a ser vendido a um preço 3,94% maior.

Os ajustes anunciados ainda não incluem os tributos federais de CIDE (Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico) e PIS/Cofins e também o tributo estadual ICMS, informa a companhia em comunicado divulgado ao mercado nesta sexta-feira (22).

"Esse reajuste foi definido levando em consideração a política de preços da Companhia, que busca alinhar o preço dos derivados aos valores praticados no mercado internacional em uma perspectiva de médio e longo prazo", explica em nota a Petrobras.

Impacto neutro para o consumidor
Apesar do reajuste anunciado pela Petrobras, o consumidor não deverá sofrer impactos, já que o governo decidiu reduzir a zero as alíquotas do CIDE. "Dessa forma, os preços, com impostos, cobrados das distribuidoras e pagos pelos consumidores não terão aumento”, informou o comunicado oficial divulgado pelo Ministério da Fazenda.

Desde novembro do ano passado, o litro da gasolina pagava R$ 0,091 de Cide. Para o óleo diesel, a alíquota era R$ 0,047 por litro.

Deixe seu comentário