Concurso da Polícia Federal tem 600 vagas com salários iniciais de até R$ 13 mil

São 350 para cargo de escrivão, 150 para delegado e 100 para perito criminal. Inscrições estão abertas até 9 de julho
Por Karla Santana Mamona  
a a a

SÃO PAULO - As inscrições para concurso público da Polícia Federal foram abertas nesta segunda-feira (18). Ao todo, são 600 vagas, sendo 350 para cargo de escrivão, 150 para delegado e 100 para perito criminal.

Podem concorrer no cargo de escrivão profissionais graduados em qualquer curso. Para o cargo de delegado, é obrigatório ser graduado em Direito.

Já para perito criminal podem se inscrever os graduados nos seguintes cursos: Ciências Contábeis, Ciências Econômicas, Engenharia Elétrica, Engenharia Eletrônica, Engenharia de Telecomunicações, Engenharia de Redes de Comunicação, Ciências da Computação, Informática, Análise de Sistemas, Engenharia da Computação, Engenharia Agronômica, Geologia, Engenharia Química, Química Industrial ou Química, Biomedicina, Ciências Biológicas, Biomedicina, Medicina, Engenharia Florestal, Odontologia e Farmácia.

Remuneração
Sobre as remunerações, para o cargo de escrivão a remuneração inicial é R$ 7.514,33. Para delegado e perito criminal, o valor é de R$ 13.368,68, para cada um.

As incrições podem ser feitas até 9 de julho no CespeUNB (Centro de Seleção e de Promoção de Eventos Universidade de Brasília), por meio do seguinte endereço: www.cespe.unb.br/concursos. As taxas de inscrições variam de R$ 125 a R$ 150.

Sobre a prova
Todos os candidatos serão avaliados por meio de prova objetiva, prova discursiva, exame de aptidão física, exame médico e avaliação psicológica. Haverá, ainda, prova prática de digitação para cargo de escrivão, avaliação de títulos para os cargos de delegado e perito criminal e prova oral somente para os candidatos ao cargo de delegado. Os habilitados nestas fases serão convocados para curso de formação profissional. As provas objetivas e provas discursivas estão previstas para 19 de agosto e serão aplicadas em todas as 26 capitais e no Distrito Federal.

Deixe seu comentário