Radar: comece o pregão sabendo as novidades do cenário corporativo

Usiminas registrou lucro líquido de R$ 77 milhões, queda de 72,5% no 4º trimestre; Ultrapar emitirá R$ 800 milhões em debêntures
Por Edilaine Felix  
a a a

SÃO PAULO - No radar desta quarta-feira (7) os investidores aguardam a decisão do Copom (Comitê de Política Monetária) sobre a taxa básica de juro do Brasil, que atualmente está em 10,50%. As apostas são de recuo da Selic - entre 0,50 e 0,75 ponto percentual. Contudo, o mercado segue cauteloso, principalmente após a queda generalizada das bolsas mundiais na véspera.

Já a Europa verifica ganhos nesta sessão, embora os investidores estejam observando os movimentos para conter a crise da Grécia, especialmente o acordo de troca de dívida do país. Ademais, os agentes aguardam o relatório ADP norte-americano, que mostrará os postos de trabalho do setor privado.

Entre os indicadores econômicos do dia, a FGV (Fundação Getulio Vargas) divulgou o IGP-DI (Índice Geral de Preços - Disponibilidade Interna) de fevereiro, que marcou 0,07% de inflação. A fundação lembra que o cálculo do IPC tem uma nova estrutura de ponderação a partir dessa medição, com a criação de uma oitava classe de despesa, a de comunicação. 

Usiminas tem lucro 72,5% maior no 4º tri
A Usiminas (USIM3USIM5) fechou o quarto trimestre de 2011 com lucro líquido de R$ 77 milhões, o que representa queda de 72,5% em relação aos R$ 288 milhões do mesmo período do ano passado. No acumulado do ano, o lucro caiu 74%, para R$ 404 milhões.

A empresa ainda anunciou a distribuição de juros sobre capital próprio, o que renderá R$ 0,0787691 por cada ação ordinária e R$ 0,0866460 por cada papel preferencial. Os papéis serão negociados sob a forma "ex-juros" a partir de 20 de março.

Receita da Sonae Sierra recua 18%
A Sonae Sierra (SSBR3) registrou no quarto trimestre de 2011 receita líquida de R$ 61,5 milhões, aumento de 18% em relação ao mesmo período de 2010. O Ebitda (geração operacional de caixa)  foi de R$ 49,1 milhões, avanço de 22% frente ao ano anterior. O lucro somou R$ 94,57 milhões, 6,1% superiores ao mesmo trimestre do ano anterior.

Ultrapar emitirá R$ 800 milhões em debêntures
A Ultrapar (UGPA3) anunciou nesta quarta-feira que emitirá R$ 800 milhões em debêntures simples, não conversíveis em ações e quirografárias, todas nominativas e escriturais, em série única, com valor nominal unitário de R$ 1 milhão. O prazo é de três anos a contar da data de emissão e tem como objetivo alongar o perfil da dívida.

Marcas Premium é o foco da Souza Cruz
A Souza Cruz (CRUZ3) revelou, na véspera, que visa o crescimento buscando a liderança do setor, de forma a gerar um lucro sustentável. Durante reunião Apimec, a companhia destacou que o foco para este ano é o fortalecimento das marcas premium, as classes C, D e E, que representam 65% dos fumantes no Brasil.

Deixe seu comentário