Em mercados / bitcoin

Bitcoin não é a "panaceia" que as pessoas pensavam que seria, diz CEO da Ripple

Segundo ele, o blockchain do bitcoin é "bastante lento", enquanto as transações de XRP, por exemplo, são "mil vezes mais rápidas"

Bitcoin
(ShutterStock)

SÃO PAULO - O Bitcoin não é a "panaceia" que irá resolver os problemas que as pessoas pensavam que resolveria, afirma Brad Garlinghouse, CEO da Ripple, criadora do token XRP, focado em transações para instituições financeiras e atualmente o terceiro maior em valor de mercado.

"Eu acho que [o bitcoin] não vai ser a panaceia que as pessoas pensavam que seria, que resolveria todos esses diferentes tipos de problemas [...] Em vez disso, você está vendo especializações de diferentes tipos de registros, diferentes tipos de blockchains", afirmou Garlinghouse à CNBC durante a conferência Money 20/20.

Segundo ele, o blockchain do bitcoin é "bastante lento", enquanto as transações de XRP são "mil vezes mais rápidas". Pelos dados do Blockchain,info, o tempo médio de uma transação em bitcoin é hoje de 42 minutos, enquanto o XRP tem um tempo de transação de quatro segundos, segundo o site da Ripple.

Muitas pessoas tendem a analisar diferentes tokens e colocá-los como rivais, mas Garlinghouse diz que o caso do bitcoin e do XRP não é bem esse. "Eu realmente não penso sobre isso como um contra o outro. Quero dizer, é realmente lamentável, eu acho, que há pessoas nisso, no espaço da criptografia, no espaço do blockchain - para eles, é quase uma guerra santa, de um contra o outro. Eu não olho para nada disso", afirma

"Eu acho que o que estamos vendo é o crescimento geral deste espaço e haverá muitos vencedores", acrescentou. Recentemente, o executivo afirmou que os preços das criptomoedas em geral são influenciados pelo bitcoin, mas que isso deve começar a mudar conforme as pessoas comecem a perceber as diferenças entre os ativos.

Contato