Um bom motivo para a Bolsa repicar - e dois motivos para ela cair até 38 mil pontos

No primeiro Visão Técnica do ano, André Machado mostra que o Ibovespa atingiu um importante objetivo de queda e pode trazer compradores em caso de abertura positiva na segunda; contudo, gráfico dos índices de ADR e S&P500 trazem preocupação

 08 jan, 2016 20h42
Thiago Salomão

SÃO PAULO - O primeiro Visão Técnica de 2016 contou com a participação do emblemático trader e professor da BM&FBovespa André Machado. Amplamente conhecido nas redes sociais como "O Ogro de Wall Street", o ex-executivo da Microsoft decidiu viver de Bolsa em 2002 e já viveu o céu e o inferno no mercado antes de ganhar muito dinheiro em 2008 operando vendido com as ações da Vale.

O programa foi dividido em dois blocos, e cada um deles mostra os possíveis mundos para o mercado brasileiro na semana que vem. No primeiro bloco, Machado mostra que o Ibovespa atingiu um importante objetivo de queda e agora pode mostrar força compradora em caso de uma abertura positiva na segunda. Já no segundo bloco, a análise do índice de ADRs (American Depositary Receipts) brasileiros e do S&P500 trazem uma preocupação para a tendência da próxima semana. 

Vídeo 1: Ibovespa e dólar
Após um movimento de indefinição, o Ibovespa rompeu com força um importante suporte e terminou a semana da projeção traçada pelo Fibonacci. Na segunda-feira, uma abertura com um candlestick forte de alta pode sinalizar uma boa entrada na compra, com objetivo de curto prazo na média móvel de 20 períodos. Contudo, é preciso esperar para fechar o trade, pois uma nova movimentação negativa só tem suporte na faixa dos 38 mil pontos.

Sobre dólar, o movimento de topos e fundos ascendentes deixa evidente a tendência de alta de curto prazo, cujo alvo encontra-se nas máximas alcançadas no ano passado, na faixa de R$ 4,25.

Vídeo 2
Se no bloco 1 o Ibovespa mostrou sinais de indefinição, dois pontos interessantes do bloco 2 deixam o cenário mais arriscado: o índice Brazil Titans, que acompanha os 20 principais ADRs brasileiros negociados em NY, já mostrou um rompimento de suporte para baixo. Além do Brazil Titans, o S&P500 fez um movimento semelhante, tendo inclusive fechado bem próximo da sua máxima do dia.

Além dos dois índices, Machado analisou as 9 ações que respondem por cerca de 50% da carteira teórica do Ibovespa: Petrobras (PETR3 e PETR4), Vale (VALE3 e VALE5), Bradesco (BBDC4), Itaú Unibanco (ITUB4), Cielo (CIEL3), JBS (JBSS3) e BRF (BRFS3).

Aos interessados em acompanhar André Machado, segunda-feira que vem ele começará uma série de vídeos gratuitos em parceria com o InfoMoney. Além disso, ele está com um projeto em parceria com norte-americano Oliver Velez, um dos traders mais respeitados da atualidade, que possui uma estratégia na qual ele opera apenas 20 minutos por dia e lhe rendeu ganhos de até 145% em seu melhor mês de 2015. Clique aqui para saber mais deste projeto.

A volta por cima na bolsa

COMENTÁRIOS

mercados

IBOVESPA
+0,12%

56.853 pts

Última cotação em 27/07/2016 17:15:00
Data Pais Evento Referência Expectativa
27/07
05:30
USA PIB - Reino Unido 2º Trimestre
27/07
09:30
USA Durable Good Orders Junho -1,00
27/07
10:30
USA Nota de Política Monetária e Operações de Crédito Junho
27/07
11:00
USA Pending Home Sales Junho 1,10
27/07
11:30
USA Estoques de Petróleo Semanal

mais eventos

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Contato