Em mercados / agro

Exportações de suco de laranja saltam 29%

Faturamento segue a mesma tendência e avança 30% sobre o mesmo período do ano anterior

consumo - compras na feira - laranjas
(Shutterstock)

Nos nove primeiros meses da safra 2017/18, as exportações brasileiras de suco de laranja totalizaram 855,8 mil toneladas, alta de 29% sobre o montante embarcado em igual período da safra passada. O faturamento com as exportações cresceu 30%, ao atingir US$ 1,556 bilhão, segundo dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex), compilados pela Associação Nacional dos Exportadores de Sucos Cítricos (Citrus Br).

Principal mercado do produto brasileiro, a União Europeia aumentou as importações de suco em 20%, com 512,9 mil toneladas. Com oferta reduzida por conta do furacão Irma, que afetou fortemente a produção da Flórida, os Estados Unidos seguem a puxar a expansão com 226,6 mil toneladas de FCOJ equivalente na safra corrente ante 139,7 mil um ano antes - um crescimento de 62%. Os embarques para os Estados Unidos totalizam, até agora, US$ 404,4 milhões, 59% a mais do que os US$ 254,8 milhões verificados na safra 2016/17.

De acordo com o diretor-executivo da CitrusBR, Ibiapaba Netto, a melhora das exportações representa a volta de uma relativa normalidade após um ano muito difícil. “A safra passada, a 2016/17, uma das menores da história, produziu uma quantidade muito pequena de suco, o que afetou a oferta, então a comparação com o período anterior pode apresentar algumas distorções”, diz, em nota Segundo ele, ao se comparar a safra corrente (2017/18) com duas safras atrás (2015/16), portanto, antes dos problemas derivados da pouca oferta de laranja, o aumento é de apenas 4,5%.

Contato