Em mercados / acoes-e-indices

Eletropaulo aprova contratação de linha de crédito e mais 4 empresas agitam a noite

Entre os destaques, a Profarma informou que concluiu as etapas necessárias para criação de joint-venture junto à AmerisourceBergen

energia
(Divulgação)

SÃO PAULO - Entre os destaques da noite desta quinta-feira (26), a distribuidora de medicamentos Profarma (PFRM3) anunciou que foram concluídas as etapas necessárias para associação estratégica da empresa com a AmerisourceBergen Corporation ABC.N, que investiu cerca de 186,7 milhões de reais para ficar com 19,99 por cento da empresa brasileira.

As empresas criaram uma joint-venture em partes iguais que será liderada por Craig Miller, que já chefiou a a unidade de BioServices da companhia norte-americana nos EUA.

O anúncio do acordo foi feito em março deste ano.

Eletropaulo
O Conselho de Administração da Eletropaulo (ELPL4) aprovou em reunião nesta quinta-feira a contratação de linha de crédito de até 460 milhões de reais, mediante a celebração de cédulas de crédito bancário ou debêntures.

Também foi aprovada a emissão de 190 milhões de reais em notas promissórias com esforços restritos de colocação e vencimento em até 180 dias. A remuneração será de 100 por cento dos DI mais sobretaxa de 1,35 por cento.

ALL
A América Latina Logística (ALLL3) informou que o benefício fiscal concedido pela Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia (Sudam) à ALL Malha Norte foi estendido até 2013 pela Receita Federal.

A empresa informou que o benefício se consiste na redução de 75 por cento do Imposto de Renda incidente sobre o lucro da ALL Malha Norte.

Copel
A Copel (CPLE6), empresa paranaense de energia, informou nesta quinta-feira que a reunião de seu Conselho de Administração que iria deliberar sobre o reajuste tarifário anual de 2014 foi adiada para data ainda a ser definida.

"As análises internas para identificar a melhor forma de aplicação do reajuste tarifário anual 2014 da Copel Distribuição não foram concluídas", disse a empresa em comunicado.

Net
O Conselho de Administração da empresa de TV a cabo Net, do grupo América Móvil AMXL.MX, aprovou nesta quinta-feira a celebração de instrumento particular de adiantamento para futuro aumento de capital (Afac) de 267 milhões de reais, segundo ata da reunião.

O objetivo é obter recursos financeiros para seguir a implementação de seu plano de investimentos e reduzir seu endividamento atual. O acordo foi fechado entre a companhia e a operadora de celular Claro, do mesmo grupo, tendo como intervenientes a controladora Embratel.

Contato