Em mercados / acoes-e-indices

Abilio Diniz tem R$ 5 bi para ir às compras; veja 14 possíveis alvos

Abilio conseguiu acabar com a claúsula de não concorrência no setor de varejo - permitindo ingressar em companhias que, em teoria, são concorrentes do Pão de Açúcar

Abilio Diniz - BR Foods
(Nacho Doce/Reuters)

SÃO PAULO - Abilio Diniz avisou: tem R$ 5 bilhões para investir e deve repetir a parceria com a Tarpon (TRPN3) com a Brasil Foods (BRFS3) em outras empresas. Ele acredita que pode exportar o DNA de sua gestão para outras empresas, como Jorge Paulo Lemann, Marcel Telles e Beto Sicupira fazem com o 3G Capital. 

O principal projeto, porém, deve continuar sendo a Brasil Foods, que tem a participação do Tarpon desde a fusão entre Sadia e Perdigão. O grupo também tem forte participação na varejista Marisa (AMAR3), que poderia se beneficiar da grande experiência que Abilio possui no Pão de Açúcar - e pode ser uma das principais empresas a figurar na lista de Abilio. 

Recentemente, Abilio conseguiu acabar com a clausula de não concorrência no setor de varejo - permitindo ingressar em companhias que, em teoria, são concorrentes do Pão de Açúcar, agora nas mãos do Casino. Esse é o tipo de empresa que Abilio pode estar interessado se seguir o exemplo do 3G Capital, que busca empresas do ramo de bebidas e alimentação.

De acordo com as sinalizações dadas ao mercado até agora, acredita-se que a ideia de Abilio pode ser comprar cerca de 30% da companhias de capital pulverizado - sem lideranças muito fortes, que o tornaria um acionista relevante. Isso não o levaria para a Viavarejo (VVAR3), por exemplo, terreno ainda espinhoso para o empresário - que possui má relação com a família Klein e com o grupo francês Casino.

Mas isso não o impediria de buscar parcerias em empresas com comando definido, como é o caso da própria Marisa - Abilio não mostrou problema algum em ter "parcerias", apenas salientou que não gosta de conflitos - que eram cada vez mais frequentes com os franceses do Casino - e que prefere o caminho do consenso. Ele, porém, não buscaria parceria com gigantes como Lemann - já que a gestão dessas empresas pouco tem a melhorar. 

Confira a lista de ações de acordo com levantamento do InfoMoney:

Empresa Setor Valor necessário para comprar 35% da empresa*
Marisa Varejo de vestimentas R$ 1,5 bilhão
Grazziotin Varejo de vestimentas R$ 128 milhões
Guararapes Varejo de vestimentas R$ 1,8 bilhão
Lojas Renner Varejo de vestimentas R$ 2,85 bilhões
Magazine Luiza Varejo de eletrônicos R$ 458 milhões
Arezzo Varejo/Calçados R$ 1,10 bilhão
Hypermarcas Produtos de consumo R$ 3,90 bilhões
Brazil Pharma Varejo farmacêutico R$ 683 milhões
Profarma Varejo farmacêutico R$ 198 milhões
Raia Drogasil Varejo farmacêutico R$ 1,92 bilhão
BR Malls Exploração de shopping centers R$ 3,32 bilhões
General Shopping Exploração de shopping centers (outlets) R$ 135 milhões
Iguatemi Exploração de shopping centers R$ 1,41 bilhão
Multiplan Exploração de shopping centers R$ 3,34 bilhões
*Cotação de 20/09/2013

Contato