Por Mariana Mandrote  06 ago, 2012 10h44

Mesmo com Petrobras em queda, Ibovespa tenta se manter em alta

Nova redução do crescimento do PIB nacional este ano também prejudica as operações; lá fora, Grécia está no foco

Por Mariana Mandrote  06 ago, 2012 10h44

SÃO PAULO - Apesar da forte queda das ações da Petrobras, o Ibovespa tenta se manter no campo positivo na manhã desta segunda-feira (6). Às 10h40 (horário de Brasília), o benchmark da bolsa brasileira reportava cerca de 0,5%, após já ter chegado a recuar 0,63% no começo do dia. Cabe lembrar que o índice de ações fechou a sessão de sexta-feira com forte alta de 3,13%.

Apesar do bom humor externo, os negócios por aqui são penalizados por uma visão mais pessimista sobre a economia nacional e pela performance das ações da Petrobras (PETR3; PETR4). Na sexta-feira, depois do fechamento, a estatal reportou prejuízo no segundo trimestre, decepcionando os investidores.

Nova redução
Na agenda doméstica, o destaque fica com o Boletim Focus do Banco Central, que apontou novo corte da estimativa para o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) neste ano para 1,85%, ante 1,90% da semana anterior. Por outro lado, os economistas ouvidos pelo BC voltaram a elevar a perspectiva de inflação para 5%, ante 4,98%.

Também do lado inflacionário, o IGP-DI (Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna) acelerou para 1,52% em julho, contra alta de 0,69% de junho, de acordo com a FGV (Fundação Getulio Vargas).

Resgate grego
Lá fora, sem indicadores econômicos de peso, os investidores estão de olho no resultado das conversas entre a Grécia e seus credores internacionais. O governo grego e os representantes da chamada Troika - entidade formada pela Comissão Europeia, BCE (Banco Central Europeu) e FMI (Fundo Monetário Internacional) - concordaram, no domingo, com a necessidade de reforçar as medidas políticas de apoio ao crescimento econômico e de cumprir com os termos do pacote de resgate.

União Europeia, BCE e FMI devem voltar à Atenas no início de setembro para continuar a avaliação sobre a economia grega, medida necessária para abrir caminho para o pagamento da próxima parcela do pacote de resgate de € 173 milhões.

ações - mesa - bolsa de valores - Bovespa - cotações
(Rafael Matsunaga/Wikimedia)

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Contato