Em mercados / acoes-e-indices

Morgan Stanley decepciona Wall Street; Wells Fargo e Boeing batem projeções

Empresa aérea vê papéis em alta, após elevação de guidance; ações de bancos operam em queda no pré-market

SÃO PAULO - O Morgan Stanley registrou lucro líquido menor que o esperado por analistas, atingindo ganhos de US$ 313 milhões no terceiro trimestre deste ano, ao passo em que o Wells Fargo e a Boeing bateram as projeções do mercado.

Decepcionando as expectativas de lucro próximas a US$ 0,15 por ação, o banco de investimentos norte-americano revelou ter obtido ganhos de US$ 0,05 por ativo, ao mesmo tempo em que registrou receita líquida de US$ 6,8 bilhões.

Com isto, as ações da companhia financeira operam em queda de 1,1% nas negociações que antecedem a abertura do mercado em Nova York.

Decepção
Já o Wells Fargo registrou lucro líquido de US$ 3,34 bilhões, considerado "recorde", o que redunda em ganhos de US$ 0,60 por ação. O mercado projetava ganhos de US$ 0,55 por ativo.

Entretanto, a receita da companhia recuou de US$ 22,47 bilhões para US$ 20,87, na comparação entre os terceiros trimestres de 2009 e 2010, levando os papéis da companhia a registrarem forte queda de 2,8%.

Decolando
Já na outra ponta, o mercado avalia favoravelmente o lucro maior que o esperado da Boeing, que obteve US$ 1,12 por ação no mesmo período, frente às estimativas de US$ 1,06.

Ademais, a fabricante do setor aeroespacial elevou suas projeções para lucro por ação de US$ 3,80 para US$ 4,00 no ano de 2010, "em função do melhor cenário para o segmento de aeronaves comerciais", afirmou a empresa em nota.

Contato