Em imoveis

Preço de imóveis tem nova queda real; confira as cidades mais caras e mais baratas

Houve pequena elevação nos preços em 20 cidades brasileiras  

SÃO PAULO – Entre outubro e novembro, o preço dos imóveis no brasil teve leve elevação, de 0,03%. Considerando a inflação esperada de 0,38% para novembro, isso significa uma queda real de 0,35% nos valores mês a mês, de acordo com o índice Fipezap.

Em novembro, o valor o valor médio de venda dos imóveis residenciais nas 20 cidades monitoradas foi de R$ 7.632 por metro quadrado. As cidades mais caras para comprar imóveis foram Rio de Janeiro (R$ 9.835), São Paulo (R$ 8.736) e Distrito Federal (R$ 8.256).

O índice acompanha os valores de venda de imóveis residenciais em 20 cidades brasileiras. Oito dessas cidades apresentaram recuo no último mês, com destaque para Rio de Janeiro (-0,37%), Contagem (-0,32%) e Santos (-0,27%). As maiores variações para cima ocorreram em Belo Horizonte (+0,54%), Florianópolis (+0,48%) e Vitória (+0,42%).

No acumulado dos últimos 12 meses, o índice mostra recuo no preço médio (-0,41%) dos imóveis residenciais. As maiores quedas nos preços ocorreram em Rio de Janeiro (-4,28%), Fortaleza (-3,38%) e Niterói (-3,21%).

Confira os valores das 20 cidades monitoradas (em reais):

Rio de Janeiro: 9.835

São Paulo: 8.736

Distrito Federal: 8.256

Niteroi: 7.237

Florianópolis: 6.839

Belo Horizonte: 6.463

Fortaleza: 6.037

Recife: 5.905

São Caetano do Sul: 5.853

Curitiba: 5.730

Vitória: 5.723

Porto Alegre: 5.656

Campinas: 5.553

Santos: 5.328

Santo André: 5.265

Salvador: 5.033

São Bernardo do Campo: 4.861

Vila Velha: 4.630

Goiânia: 4.118

Contagem: 3.527

Casa

Contato