Em imoveis

6 dicas de como fazer um bom negócio em um leilão de imóveis

Especialista em leilões elencou os principais pontos que você deve prestar atenção antes de comprar o imóvel 

SÃO PAULO – Em meio à crise econômica que o Brasil enfrenta, os leilões de imóveis vêm ganhando força. Neles, há muitas opções com preços mais acessíveis que a média do mercado. No entanto, é preciso ter atenção às condições do leilão e fazer comparações antes de fechar o negócio.

Fernanda Alonso é gerente de marketing da gestora Lut Leilões e selecionou algumas dicas sobre como fazer um bom negócio se você optar por comprar um imóvel em leilão.

Confira:

  1. 1. Leia os termos do leilão
  2. Leia o edital, condições de venda e pagamento do leilão para ter todas as informações que precisa sobre o imóvel que tem interesse. Estes são os documentos que costumam conter todas as informações que o interessado precisa para ter mais tranquilidade no momento da compra;
  3. 2. Conheça o imóvel pessoalmente
  4. Faça a visita pessoalmente até o imóvel. Nos leilões extrajudiciais, ou seja, aqueles em que os produtos são oferecidos por empresas sem interferência do Estado, a visitação sempre é agendada pela gestora do leilão com 2 ou 3 dias antes do término dos lances.
  5. Os leilões judiciais, quando o bem que será leiloado está penhorado em um processo - ou seja, todo o tramite será via processo judicial -, tem a visitação solicitada pela gestora responsável pelo leilão. Por isso é importante manifestar esse interesse na visitação com uma certa antecedência. Caso não consiga fazer a visitação, veja se há descrição do estado em que se encontra o bem de forma detalhada e ligue na empresa responsável pelo leilão para tirar alguma eventual dúvida sobre a conservação do imóvel.
  6. 3. Saiba sobre a reputação da empresa que está leiloando
  7. Conheça a reputação da empresa responsável pelo leilão que está com o imóvel do seu interesse. Veja em sites como o “reclame aqui” o que estão falando sobre a empresa, ligue, peça mais informações sobre o imóvel.
  8. Procure uma gestora de leilão confiável que tenha tempo de mercado e que demonstre transparência em sua plataforma eletrônica. Ao navegar pelo site, veja se essa navegação é fácil e intuitiva, muitos sites são difíceis de encontrar o que se procura. Verifique se o site tem mesmo muitas oportunidades, algumas empresas trabalham com poucos leilões e isso acaba inviabilizando a busca pela melhor oportunidade.
  9. 4. Compare o preço do leilão com o mercado
  10. Pesquise o valor real do bem no mercado para ver se o valor em leilão está realmente atrativo. No caso dos imóveis, há vários sites de imobiliárias que disponibilizam os valores para comparação.
  11. 5) Confira a matrícula do imóvel 
  12. A matrícula do imóvel deve estar anexada ao leilão. Veja se está atualizada e com as informações batendo com a descrição da propriedade. 
  13. 6. Faça o cadastro e habilitação no leilão com antecedência
  14. Não deixe o cadastro e habilitação para o último dia do leilão, há gestoras que levam mais de 24 horas para liberação do cadastro e neste meio tempo você pode perder a oportunidade. 
Imóveis
(Divulgação )

Contato