Em imoveis

Os 19 mercados imobiliários mais quentes do mundo

Lista considera crescimento preços ajustados pela inflação na comparação anual  

SÃO PAULO – Usando dados do Global Property Guide (Guia Global de Imóveis), o Business Insider ranqueou os 19 países cujos preços de imóveis viram maior aumento na comparação anual, já ajustados pela inflação no primeiro trimestre do ano.

Uma das descobertas principais dessa análise diz respeito à queda na velocidade de aumento nos preços em mercados como Canadá e partes da Europa – a tendência, mostra o relatório, é que continue assim.

O Brasil, que não está na lista, viu inflação maior que a rentabilidade dos preços, de acordo com o mesmo critério. Confira, a seguir, os 19 mercados imobiliários mais quentes do mundo neste momento:

1.       Hong Kong

Aumento anual ajustado: 17,27%

2.       Islândia

Aumento anual ajustado: 16,01%

3.       Xangai, China

Aumento anual ajustado: 13,16%

4.       Canadá

Aumento anual ajustado: 11,70%

5.       Irlanda

Aumento anual ajustado: 8,91%

6.       Montenegro

Aumento anual ajustado: 8,68%

7.       Romênia

Aumento anual ajustado: 7,61%

8.       Noruega

Aumento anual ajustado: 7,38%

9.       Nova Zelândia

Aumento anual ajustado: 7,26%

10.   Holanda

Aumento anual ajustado: 7,11%

11.   Filipinas

Aumento anual ajustado: 7,04%

12.   Eslováquia

Aumento anual ajustado: 6,61%

13.   Suécia

Aumento anual ajustado: 6,59%

14.   Alemanha

Aumento anual ajustado: 5,79%

15.   Riga, Letônia

Aumento anual ajustado: 5,13%

16.   Tallinn, Estônia

Aumento anual ajustado: 4,76%

17.   Portugal

Aumento anual ajustado: 4,18%

18.   Vilnius, Lituânia

Aumento anual ajustado: 3,56%

19.   Estados Unidos

Aumento anual ajustado: 3,37%

Imóveis comerciais
(Shutterstock)

Contato