Em imoveis

Economia compartilhada: Vitacon lança imóveis compactos que incluem serviços

A locação das unidades custa a partir de R$ 2.900 por mês

SÃO PAULO – A Vitacon, especializada em apartamentos compactos, anunciou nesta quarta-feira (5) uma parceria com a asiática CapitalLand para a construção de mais de 10 mil unidades na próxima década, sendo 5 mil imóveis no Brasil. A empresa expandirá seu mercado para a Argentina, Chile e Colômbia.

 O aporte inicial foi de R$ 270 milhões para a construção de mais de 200 unidades distribuídas em dois empreendimentos em São Paulo. As unidades têm 30 m2 ou 60 m2 e a expectativa é de que a unidade localizada no bairro dos Jardins, próximo à Avenida Paulista, esteja pronta em três meses. O segundo empreendimento, localizado na Faria Lima, está em construção.

 O investimento total do projeto será de R$ 1,5 bilhão, segundo Alexandre Lafer Frankel, CEO da Vitacon, que mantém a estratégia de focar em profissionais solteiros e casais sem filhos em busca de imóveis mais próximos do trabalho.

“O mercado está carente desse tipo de solução. Hoje os consumidores estão mais preocupados com prestação de serviço, de moradia, do que o imóvel em si. Uma grande parcela da população não imagina mais comprar um imóvel, mas alugar para ter mobilidade ao longo da vida”, conta Frankel.

As unidades terão serviços de limpeza, arrumação, personal trainer, passeador de cachorros, entre outros. “Teremos o básico de hotelaria. Acreditamos muito no conceito de economia compartilhada”, conta o executivo.

 Carros e bicicletas também poderão ser compartilhados pelos moradores que, mais próximos do trabalho, tendem a ter seu interesse na posse de veículos também reduzido. “A ideia é otimizar recursos e economia”, diz. A locação das unidades custa a partir de R$ 2.900 por mês.

Vitacon
(Luciano Finotti/Vitacon)

Contato